Topo

6 motivos para trazer sua sex shop física também para o comércio online

Monte uma loja virtual e aumente o faturamento de seu negócio!

O mercado erótico está com tudo. Na contramão da crise econômica, o setor deve crescer 3% até o fim deste ano. O segmento vende cerca de 8 milhões de itens por mês e somou um faturamento de, aproximadamente, 1,7 bilhão de reais em 2015, de acordo com a Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico e Sensual (Abeme).

O e-commerce, por sua vez, também não desacelerou, muito pelo contrário. Só no primeiro semestre deste ano, o e-commerce brasileiro movimentou 19,6 bilhões de reais. Isso representa um crescimento nominal de 5,2% comparado ao primeiro semestre de 2015, de acordo com a consultoria E-bit.

 Baixe e-book grátis: Como montar sua primeira loja virtual

Agora, imagine unir um mercado que está em plena expansão, como o de produtos eróticos, com uma modalidade de vendas que não para de crescer, o mercado online. Uma boa mistura, não?

Se você tem uma loja física de sex shop, entrar na internet pode ser um passo importante para aumentar sua visibilidade e fazer o seu negócio decolar. Veja, na sequência, alguns motivos para você começar a vender, também, na web!

Mantenha-se competitivo

Não há volta. Segundo pesquisa da Abeme, mais de 90% dos negócios no segmento de sex shop usam a internet para vender, e isso significa que seus concorrentes já estão por lá.

E considerando que 92% dos consumidores pesquisam na web antes de comprar um produto, de acordo com TNS Research, é seguro dizer que se você ainda não tem uma loja virtual está dando muito espaço para a concorrência. Afinal, é nesse momento de pesquisa que o consumidor está decidindo o que e onde vai comprar.

Venda para qualquer lugar a qualquer hora

Em uma loja física, você, geralmente, só vende para quem passa em frente a sua loja nos dias e horários em que ela está aberta, e isso limita muito suas vendas.

Mas em uma loja virtual isso muda completamente, afinal, um e-commerce está aberto 24 horas por dia e pode ser acessado de qualquer lugar.

 Leia também: 5 coisas que não podem faltar na hora de criar uma sex shop virtual

Agora, imagine o faturamento que você consegue alcançar vendendo 8 horas por dia e 5 dias por semana o quanto vai aumentar se você vender 24 horas e todos os dias!

Aumente a discrição e a flexibilidade

Pode ser que alguns dos seus clientes hesitem em entrar em sua sex shop por constrangimento. Tem, também, aqueles que acabam ficando sem tempo de fazer uma visita por conta do horário de trabalho. Quando você vende pela internet, consegue driblar esses dois problemas de uma vez só.

Como pode acessar a loja virtual de casa, o consumidor consegue escolher seus produtos com mais discrição e tem uma flexibilidade maior em poder escolher o dia e o horário em que é mais conveniente fazer suas compras. E, claro, existe a comodidade de o cliente poder receber seus produtos em casa, o que, muitas vezes, é um impeditivo para ir até a sua loja física.

Economize tempo e dinheiro

Manter uma loja virtual é mais barato que uma loja física, já que você reduz custos com folha de pagamento, luz e água e não precisa se preocupar com contratação de ponto comercial, por exemplo. Por isso, agregar um e-commerce ao seu negócio não vai ser sinônimo de despesas e pode ser ainda mais rentável que a loja física.

Além disso, na loja virtual o consumidor faz praticamente tudo sozinho. Ele mesmo entra na loja, escolhe os produtos e faz o pagamento, sem precisar do suporte de um atendente, na maioria das vezes.

Isso automatiza o processo e faz com que você economize seu tempo e o da sua equipe. Você só vai receber o pedido quando ele já estiver confirmado, aí, é só embalar e despachar!

Facilidade em metrificar

Você consegue apurar quantos clientes entram na sua loja todos os dias? Quais produtos eles olham? E como sabe quais são consumidores recorrentes e quem está te visitando pela primeira vez? Na internet, é muito mais fácil descobrir tudo isso.

Para isso, seu e-commerce deve contar com um painel em que você consiga avaliar quantas pessoas visitaram seu site, quanto tempo ficaram navegando, quais páginas eles visitam, que produtos colocam no carrinho, quais os interesses dessas pessoas, sexo, idade, localização e muito mais.

Com essas informações preciosas você será capaz de entender melhor o seu consumidor e até identificar alguns gargalos que, ao serem preenchidos, podem tornar a experiência do cliente ainda melhor.

Trabalhe com marketing digital

Quem ainda não tem uma sex shop virtual, provavelmente, não trabalha com marketing digital, e se esse é o seu caso, você não faz ideia do que está perdendo! O marketing digital é um conjunto de ferramentas e estratégias para ajudá-lo a vender mais na internet.

 Leia também: Superguia Academia UOL HOST – Tudo sobre Marketing Digital para micro e pequenas empresas

Com ferramentas como e-mail marketing, redes sociais e links patrocinados, você será capaz de se manter sempre em contato com o cliente, informando-o de promoções, descontos e tendo a oportunidade de criar um relacionamento com ele, o que é essencial para que ele confie na sua marca e se torne um cliente fiel.

Convencido de que precisa ter uma loja virtual? Conheça a Loja virtual UOL HOST e crie já a sua!