Topo

20 dicas para ter um negócio de foto de sucesso

Realize seu sonho de trabalhar com fotografia seguindo estas dicas

A fotografia é um ramo que está intimamente ligado com o empreendedorismo, já que a dinâmica do trabalho normalmente permite que muitos fotógrafos tenham a possibilidade de atuar como freelancers ou autônomos. E é por isso que tantos profissionais sonham em conquistar o sucesso com um negócio de foto.

Além da possibilidade de ser seu próprio chefe, trabalhar com fotografia como um empreendedor dá aos fotógrafos a chance de ter mais liberdade - tanto criativa quanto na organização de suas rotinas de trabalho - e flexibilidade para fazerem aquilo que gostam segundo suas próprias regras.

Mas para ter um negócio de foto de sucesso não basta só começar a tirar fotografias e avisar os amigos. Existe um longo caminho para se tornar bem-sucedido no mundo do empreendedorismo, mas com muita dedicação, perseverança e seguindo algumas dicas você chega lá!

Confira, a seguir, nossa lista com 20 dicas para se dar bem com o seu negócio de foto!

>> Que tal começar a atuar como fotógrafo freelancer? Confira como iniciar neste segmento!

ADMINISTRAÇÃO

1. Tenha um bom plano de negócios

O plano de negócio, ou business plan, é um dos principais documentos que devem ser empregados em qualquer empreendimento, inclusive em um negócio de foto. A ideia dele é ajudar o empreendedor a organizar as suas ideias e criar estratégias para que a sua empresa dê certo.

Por meio do plano de negócios você também conseguirá estudar melhor o seu mercado, a concorrência, seus serviços e o público-alvo que deseja conquistar. Essas percepções iniciais são fundamentais para todas as ações que você tomará no futuro!

2.  Formalize seu negócio

O ideal é que todo empreendedor que quer iniciar um negócio abra uma empresa formalmente. Existem diversos modelos de empresa e, se você for começar a empreender sozinho, uma das melhores opções é o MEI.

MEI é a sigla para Microempreendedor Individual, e é uma modalidade de negócio que permite que um empresário atue formalmente, emita nota fiscal, tenha CNPJ e todos os benefícios que ser uma pessoa jurídica pode oferecer. Tudo isso com a facilidade de ter uma carga bastante reduzida nos impostos.

Os fotógrafos são uma das categorias de negócio legalizadas no MEI, então, se você quer abrir um negócio de foto, esse tipo de empresa é uma ótima opção.

>> Entenda melhor o que é MEI e como você pode se tornar um!

3. Não esqueça dos impostos

Abrir uma empresa naturalmente coloca alguns deveres no seu radar, entre eles o cumprimento das obrigações fiscais, tributárias e, se você tiver funcionários, também trabalhistas.

Se você quer liderar uma empresa de sucesso, é importantíssimo arcar com todos os impostos, tributos e outras despesas para que o seu empreendimento esteja sempre em conformidade com a lei e você possa trabalhar com tranquilidade.

4. Crie contratos

Os contratos são proteções legais que devem ser feitas sempre que você fechar qualquer tipo de acordo com empresas e pessoas.

Fez um acordo com um novo fornecedor? Faça um contrato. Fechou um trabalho com uma agência? Faça um contrato. Vai fazer a cobertura de um evento social? Também precisa de contrato. Está trazendo um novo sócio para o seu negócio de foto. Sim, é necessário fazer um contrato.

Esse documento legal é a garantia de que ambas as partes estão de acordo no que diz respeito aos serviços prestados, produtos comercializados e remunerações que serão feitas, e é fundamental para que você evite mal-entendidos e problemas judiciais no futuro.

>> Baixe grátis o nosso Modelo de Contrato para Serviços Fotográficos!

5. Não pare de se especializar

A especialização é outro fator primordial para o sucesso. Enquanto profissional de fotografia, você deve se dedicar a estar sempre por dentro das técnicas e tendências do seu segmento para oferecer os melhores serviços aos seus consumidores.

E como empreendedor também é importante ter conhecimento sobre gestão de empresas, finanças, contabilidade e outros assuntos que fazem parte do dia a dia administrativo de um negócio.

Esse aspecto pode ser um pouco complicado, principalmente se o seu forte for a criatividade, e não a parte operacional, mas é fundamental para que o seu negócio de foto seja bem-sucedido no mercado.

6. Não se deixe levar pela concorrência

Muitas vezes os empreendedores no início de carreira se deixam levar por aquilo que a concorrência faz, mas isso é uma grande roubada. A verdade é que mesmo que seja importante ficar de olho no que as outras empresas de fotografia estão fazendo, nem sempre vale a pena segui-las.

Por exemplo, se outro negócio de foto está fazendo uma promoção com 50% de desconto em todos os serviços, pode ser porque estão prestes a fechar as portas ou porque trabalham com equipamentos de qualidade inferior aos seus. Ou seja, são situações em que não vale diminuir o seu preço só para concorrer!

OPERACIONAL

7. Invista em equipamento

Ter boas câmeras, flashes, luzes e outras ferramentas e acessórios para as fotos é fundamental para quem quer trabalhar com fotos e se destacar no ramo. É claro que todos esses elementos não costumam ser baratos, mas é por isso que são considerados investimentos, ou seja, gastos que darão um retorno significativo no futuro.

Então, dentro do possível, retire sempre uma parcela dos seus ganhos para continuar apostando em tecnologia que seja capaz de deixar suas fotos ainda mais incríveis.

8. Tenha bons locais de armazenamento

Quem busca como trabalhar com fotografia, principalmente com fotos reveladas, sabe que é fundamental ter bons locais de armazenamento para garantir a validade e a integridade de filmes e equipamentos. O ideal é guardar suas ferramentas de trabalho em locais secos, protegido da luz intensa e em bolsas e embalagens específicas para não danificá-los.

9. Busque parceiros de confiança

As parcerias são fundamentais para qualquer empreendedor que está começando, e para quem lidera um negócio de foto podem ser ainda mais fundamentais. Por intermédio de bons parceiros você pode conseguir indicações de novos clientes e fornecedores, algo que é fundamental para o crescimento organizacional.

Se você é um fotógrafo de casamentos, por exemplo, buffets, cerimonialistas, lojas de vestidos de noivas e outras empresas que também atuam nesse segmento podem ser parceiros preciosos! 

>> Leia também Como fazer parcerias de sucesso

10. Cumpra os prazos

Transmitir profissionalismo é um dos itens fundamentais para conquistar um consumidor e fazê-lo se tornar um cliente fiel. E uma das atitudes que mais inspira essa confiança é respeitar prazos.

Se você prometeu mandar um orçamento em até 2 dias úteis, cumpra. Se assegurou aos noivos que vai enviar as fotos de casamento em 1 mês, envie. Se combinou que estará no local de uma festa 1 hora antes do seu início, esteja lá!

Esse comprometimento fará o consumidor te olhar com bons olhos e te indicar para os amigos, o que vai gerar mais negócios para você.

11. Priorize o atendimento

O atendimento ao cliente é outro ponto fundamental para o sucesso de um negócio de foto. Afinal, de nada adianta fazer fotos de tirar o fôlego se você demora dias para responder aos e-mails dos clientes e não os trata bem, não é mesmo?!

Acredite, o consumidor é capaz de desistir de fechar um negócio por conta da deficiência no atendimento, mesmo que o trabalho, em si, seja ótimo.

12. Tenha produtos e serviços diferentes

As empresas de varejo costumam trabalhar com uma boa variedade de produtos para atender às necessidades dos consumidores, não é mesmo? Então por que as empresas que trabalham com prestação de serviços não podem fazer o mesmo? A resposta é: elas podem! Mesmo que sua atuação seja segmentada, é possível, sim, oferecer produtos diferentes ao consumidor.

Se você tem um estúdio de fotografia, pode oferecer ensaios para book fotográfico, ensaios de fotos profissionais, sensuais, de casais, gestante, recém-nascidos, smash the cake e por aí vai.

>> Temos os segredos para fidelizar seus clientes com produtos e serviços personalizados. Confira!

FINANÇAS

13. Atualize seu fluxo de caixa

Normalmente quem trabalha na área artística não é muito chegado à parte financeira, mas este departamento é um dos mais importantes para garantir a estabilidade da sua empresa.

E uma das ações básicas que você deve tomar para assegurar que o seu negócio de foto está progredindo e vai continuar de portas abertas é criar um fluxo de caixa e mantê-lo sempre bem atualizado.

O fluxo de caixa é uma ferramenta contábil que registra o dinheiro que entra e que sai da sua empresa. É por meio dele que você poderá avaliar se o empreendimento realmente está tendo lucro e como funciona o ciclo financeiro do seu negócio.

14. Tenha um pró-labore

Chamamos de pró-labore o salário do dono e dos sócios da empresa. É um valor fixo, mensal ou semanal que é retirado do caixa para o pagamento de despesas pessoais.

É importante definir e respeitar o pró-labore porque quando não há uma remuneração fixa o empreendedor se sente mais à vontade para retirar quanto ele acha necessário do caixa. Com o tempo, essas retiradas constantes, e não programadas, podem levar o seu negócio de foto a uma crise financeira. E não é isso que você quer, não é mesmo?!

15. Precifique corretamente

Outro ponto fundamental para garantir a estabilidade das finanças é fazer a precificação correta dos produtos e serviços que você oferece. O preço de cada item deve levar em conta todas as despesas que ele gera, a sua remuneração e o lucro da empresa.

Quando essa conta não é bem-feita, você corre o risco de acabar pagando para trabalhar, porque o que recebe não é suficiente para suprir todos os custos da operação.

>> Entenda quanto ganha um fotógrafo e aprenda como montar um tabela de preços de fotografia.

16. Tenha uma reserva para depreciação

Equipamentos quebram e licenças de softwares vencem, e é preciso estar preparado para a reposição dessas ferramentas de trabalho.

Se você sabe que precisará trocar de câmera em 5 anos e o custo de uma máquina fotográfica nova é de 6 mil reais, basta dividir o valor pelo tempo que você terá para fazer a substituição e você vai chegar ao custo de depreciação. Neste exemplo, o ideal seria guardar 100 reais todos os meses para ter o valor da câmera nova em 5 anos.

MARKETING E DIVULGAÇÃO

17. Tenha frequência nas redes sociais

As redes sociais são, hoje, uma das principais ferramentas de divulgação para as empresas, e os pequenos negócios de foto têm muitas vantagens para agregá-las a suas estratégias de marketing e divulgação.

Para começar, as redes sociais têm um grande alcance de público e permitem fazer uma segmentação, para que você possa apresentar seu trabalho a quem realmente tem chance de contratá-lo.

Elas também costumam ser ferramentas baratas e bastante versáteis, algo que é fundamental para quem está começando a empreender e tem um orçamento limitado para investir.

>> Quer saber mais sobre redes sociais? Leia A Importância de Estar Presente em Todas as Redes Sociais

18. Tenha um bom site

Ter um bom site, com informações atualizadas e um portfólio completo, também é fundamental para quem quer liderar um negócio de foto de sucesso.

Hoje, a maioria dos consumidores faz uma busca na internet quando precisa de um produto ou serviço. Nesse momento, sai na frente a empresa que tiver no topo das páginas de resultados e apresentar o site mais bonito, organizado e completo.

>> Veja aqui como e por que criar o seu portfólio de fotografia

19. Capriche no material físico

Nem toda divulgação precisa ser digital. Ter sempre cartões de visita nos bolsos e folders para distribuir em eventos e deixar com os parceiros é uma estratégia clássica, mas que ainda funciona muito bem.

Outra boa tática é ter um álbum físico de suas fotos para mostrar aos seus clientes. As fotos impressas geralmente impressionam mais do que as digitais e ainda podem render a venda do álbum como produto.

20. Colha depoimentos

Ninguém é capaz de fazer um marketing tão bom quanto os seus próprios clientes. Recolha depoimentos dos seus consumidores e use-os no seu site, redes sociais e como artigo de convencimento quando for fechar novos negócios.

Gostou dessas dicas para ter um negócio de foto de sucesso? Então coloque-as já em prática e faça a sua empresa de fotografia decolar!