Cloud ComputingProdutos UOL HostSoluçõesTecnologia

5 benefícios da computação em nuvem para o seu negócio

3 Mins read

Você já ouviu falar em cloud computing – ou computação em nuvem, para usar o bom português? Pode parecer uma realidade distante da sua, mas, não é.

Se você acessa e-mail online, paga contas pelo internet banking ou já salvou alguma foto na web, parabéns, você está na nuvem!

O conceito de cloud computing é abrangente, mas, simplificando, significa acessar arquivos, programas ou recursos de computação (como memória ou processamento) que não estão no seu computador através de uma rede.

Para usar o seu webmail, por exemplo, você não precisa ter nada instalado no seu computador, certo? Quando você envia um e-mail, ele também não fica armazenado em nenhum lugar da sua máquina. A mensagem está guardada em um servidor que pode estar em qualquer lugar do mundo.

E, tendo uma conexão de internet à disposição, você também pode acessa-lo de qualquer computador, tablet ou celular, em qualquer lugar do mundo. Isso é cloud computing.

Mas o que tudo isso tem a ver com o seu negócio? Muita coisa. Segundo um estudo da Microsoft, 33% das pequenas e médias empresas brasileiras são usuárias da computação em nuvem e 45% afirmaram que devem aderir à tendência até 2015.

Você não quer ficar para trás, quer? Então conheça alguns dos benefícios que a tecnologia pode trazer para o seu negócio:

Redução de custos

Uma das vantagens da computação em nuvem é que você só paga pelo que usa. Antigamente, uma empresa que quisesse utilizar um software de gestão mais robusto, por exemplo, tinha que comprar seus próprios servidores para instala-lo. E isso não era nada barato.

Era comum também que, depois de comprar uma máquina poderosa para atender um período de pico no processamento, a empresa ficasse com capacidade ociosa.

No modelo de cloud computing, a empresa “aluga” a capacidade de hardware que deseja durante o período que quer, pagando apenas pelos recursos de que precisa.

Funciona assim: você identifica quanto precisa de armazenamento ou processamento e contrata um plano que seja adequado a essa necessidade. Se no próximo mês a demanda diminuir, você muda de plano e paga menos. Outra opção é pagar pelo consumo depois de usar os recursos – como você paga pela água ou pela energia.

Contratando os serviços de cloud computing do UOL Host, você tem acesso aos dois modelos.


banner_uolmn_criadordesites_academia

Flexibilidade, agilidade, escalabilidade

Outro benefício que fica claro analisando o processo descrito acima é a flexibilidade. Ou seja, você pode decidir aumentar ou diminuir sua infraestrutura de tecnologia na hora que quiser.

Se sua empresa está crescendo rápido, não é preciso fazer grandes investimentos e perder tempo planejando a compra de um novo servidor. Você simplesmente “abre a torneira” e tem mais recursos à disposição, automaticamente.

Isso é especialmente útil para quem lida com negócios sazonais, que tem picos e vales de movimento.

Acesso igualitário a tecnologia de ponta

O cloud computing permite que mesmo empresas pequenas tenham acesso a recursos de ponta de tecnologia. Antes, comprar um servidor de última geração provavelmente estaria fora de cogitação para uma empresa de poucos funcionários.

Hoje, sua aplicação pode estar rodando no mesmo servidor que a de uma grande companhia. E isso só é possível porque você paga apenas por um “pedacinho” daquela máquina – mas pode ter acesso a toda a sua potência.

Software como serviço

Até agora falamos de hardware. Ou seja, como você pode “alugar” capacidade de armazenamento ou processamento em servidores remotos.

Mas outro desdobramento da computação em nuvem é a oferta de software como serviço. Neste modelo, em vez de “alugar” uma máquina virtual, você paga pelo direito de usar software sem ter que compra-lo definitivamente.

Você pode, por exemplo, contratar softwares de controle financeiro e de CRM (relacionamento com o cliente) pagando apenas um pequeno valor por mês, por usuário.

Além de ser mais acessível e flexível, o modelo tem outras vantagens. Toda vez que o software é atualizado, por exemplo, você tem acesso à versão mais nova sem pagar nada a mais por isso e sem ter que perder tempo instalando updates. Quando você contrata novos funcionários, basta aumentar o número de assinaturas. E se você decidir deixar de usar a ferramenta, basta parar de assinar o serviço.

Maior compromisso do fornecedor

O modelo cloud computing tende a mudar a relação entre vendedor e cliente, uma vez que a excelência do serviço prestado deve ser contínua. Se não estiver satisfeito com o serviço prestado, você pode simplesmente trocar de fornecedor sem grandes impactos para o seu negócio. Isso requer atenção especial de quem fornece o serviço para conquistar o “freguês”.

Related posts
Soluções

Por que você deve adotar a extensão .store para sua loja virtual?

5 Mins read
Você trabalha com e-commerce e deseja que os seus clientes identifiquem isso com maior facilidade? Então o UOL Meu Negócio vai falar…
Soluções

Hospedagem ou Cloud Computing: O que a sua empresa precisa?

3 Mins read
Você se tornou empreendedor e percebeu que a internet é um excelente ambiente para as suas vendas? Então fez uma ótima escolha!…
Soluções

Qual a diferença entre uma hospedagem de sites, cloud computing e um criador de sites?

4 Mins read
Para quem é dono de um negócio e deseja contar com um alcance de público efetivo, nada melhor que usar ferramentas que…