5 considerações vitais ao escolher seu serviço de hospedagem na web

5 considerações vitais ao escolher seu serviço de hospedagem na web

Quais são as coisas mais importantes a considerar ao escolher seu serviço de hospedagem na web? Lembre-se desses aspectos vitais

Existem duas coisas fundamentais que contribuem para um site bom e funcional – seu nome de domínio e seu serviço de hospedagem na web.

Um nome de domínio é o seu endereço na internet e deve estar alinhado aos seus objetivos de negócios em geral. A melhor maneira de obter um ótimo nome de domínio é se concentrar na extensão do domínio. Com mais de 1.200 novas extensões de domínio para escolher, você não precisa mais abrir mão da sua primeira escolha. Na verdade, agora você pode obter um nome de domínio que esteja ainda mais em sintonia com o que a sua empresa faz. Por exemplo:

 

  • Um negócio de comércio eletrônico ou varejo pode optar por um domínio .store
  • O endereço online da sua empresa pode ser um domínio .online ou .site

 

Quando se trata de escolher um provedor de hospedagem, considere que o mercado global de serviços de hospedagem na Web deve valer mais de US$ 75 bilhões até 2023. Sendo um setor em crescimento e com a concorrência acirrada, você será mimado por várias ofertas. Com tantas opções à sua disposição, os usuários geralmente escolhem a opção mais barata.

 

No entanto, é importante lembrar que nem todos os serviços de hospedagem na web são montados da mesma forma. Há uma enorme variedade de preços, recursos e aspectos de qualidade que deveriam levá-lo a pensar bem antes de tomar uma decisão.

 

Este artigo destaca cinco fatores vitais que você deve considerar ao escolher seu serviço de hospedagem na web.

1. Segurança

Os serviços de hospedagem na web são um grande negócio e crescem, mas o crime cibernético também. Os métodos de hackers estão se tornando cada vez mais sofisticados. Com muitas casos importantes de violações de dados nos últimos anos, os usuários de Internet estão cada vez mais preocupados com sua segurança no meio online e com a maneira como seus dados são armazenados.

 

Se você está procurando um serviço de hospedagem, precisa encontrar um que possua fortes recursos e políticas de segurança. Isso não é apenas importante para manter seus dados seguros, mas também instiga os usuários finais a confiarem em seu site. Procure um host que ofereça um certificado SSL para o seu site, por exemplo.

 

2. Backup

Web design profissional não sai barato. Considere as horas de trabalho que você colocou no conteúdo do seu blog ou o quanto você pagou a uma empresa de SEO para otimizar o conteúdo e os bits técnicos do seu site. Isso não é um problema quando você vê o retorno do investimento com o aumento das visualizações do site e uma boa taxa de conversão. No entanto, o que você faria se todo esse trabalho e investimento fossem excluídos devido a alguma falha técnica?

 

Por isso, é crucial escolher um host que ofereça opções sólidas de backup. Isso significa que uma cópia do seu site será feita em intervalos regulares para que, em caso de problemas técnicos, você possa restaurar o site para uma versão anterior sem grandes problemas.

 

Ao comparar provedores de hospedagem na web, verifique por quanto tempo seus backups são armazenados. Pode ser que, em algum momento, você prefira reverter para uma versão do seu site mais antiga que a mais recente.

 

3. Servidores

A velocidade na qual o site carrega pode ter um enorme impacto no seu sucesso.

 

Se o carregamento for muito lento, os usuários podem recorrer a outros sites (seus concorrentes) para obter respostas para suas perguntas, para buscar informações. A localização do servidor do seu provedor de hospedagem pode afetar a velocidade com que o site é carregado. Recomenda-se escolher um host o mais próximo possível da região física onde está seu público-alvo que visitará regularmente o seu site.

 

Se você é um negócio global, é preferível um provedor que ofereça vários locais de servidores globais. Se você é um negócio local, pode optar por um sólido provedor local. Você também deve procurar hosts que ofereçam suporte para redes de entrega de conteúdo (CDN) para ajudar a reduzir o tempo de carregamento da página.

4. Suporte

A internet não dorme nunca. O seu provedor de hospedagem web também não pode dormir.

 

Não há um momento específico em que alguém acessará seu site. Isto é especialmente verdadeiro se você é um negócio internacional. Se houver um problema com seu site no meio da noite, você deve ter certeza de que ainda pode fazer algo a respeito.

 

 

Verifique se o seu provedor de hospedagem oferece suporte ao cliente 24/7. Saber que você terá suporte sempre que precisar, garantirá sua tranquilidade, de que sempre poderá iniciar a resolução de problemas assim que eles forem identificados.

5. Preço

O custo total é um dos grandes fatores na escolha do seu provedor de hospedagem web. Especialmente para pequenas empresas ou empreendedores, que estão apenas começando – em geral preferem planos que oferecem um bom produto e um bom serviço sem causar um buraco no seu bolso.

 

Há duas coisas importantes a considerar quando se trata de preço. A primeira é que o serviço mais barato não é necessariamente o melhor. Se um host é barato, provavelmente oferece menos recursos dos acima mencionados, o que pode acabar custando mais para o negócio a longo prazo. A segunda é que o serviço mais caro também não é necessariamente o melhor. Você pode acabar pagando por recursos que não precisa.

 

Entenda quais são suas necessidades e procure um host que ofereça uma variedade de planos para que você possa encontrar o ajuste perfeito para você.

Conclusão

A escolha de um provedor de hospedagem web é uma das etapas cruciais na jornada de construção de um site de sucesso. Você deve entender quais são os vários recursos oferecidos por cada um e quais são os mais relevantes para você. Com base nessas informações, você encontrará as opções que melhor atendem às suas