DicasPresença digitalProdutos UOL Meu NegócioSoluçõesTudo para sua Loja Virtual

A Black Friday acabou. E agora?

3 Mins read

Saiba o que você deve fazer depois da sexta-feira mais esperada de novembro

Black Friday já se tornou uma das datas mais importantes para o varejo nacional. Sabendo disso, você se preparou por meses, fez acordos com seus fornecedores para diminuir o preço dos produtos, criou uma força-tarefa com sua equipe para dar conta do aumento de pedidos na sexta-feira e divulgou sua campanha para atrair clientes.

Mas e depois que a Black Friday acaba, o trabalho também termina e é hora de relaxar, certo? Errado! Ainda tem muito o que fazer para finalizar os processos da Black Friday e começar a se preparar para outro evento importantíssimo para o varejo que está chegando por aí: o Natal!

Na segunda-feira depois da Black Friday ainda tem muito trabalho, e vamos te mostrar, a seguir, tudo o que você deve fazer depois que a sexta-feira mais quente de novembro acabar.

Calcule os resultados

O primeiro passo para começar as tarefas pós-Black Friday é calcular os resultados. É importante avaliar qual foi o faturamento no dia (ou nos dias, se a sua campanha tiver englobado o fim de semana também), o volume de pedidos, qual o ticket médio, a categoria de produtos mais vendida e o perfil de consumidor que mais gastou.

Bata esses resultados com as metas que você tinha determinado para a data e veja o que você pode aprender com eles.

Meça os pedidos de devolução e desistência

É bem provável que algumas pessoas que compraram durante a Black Friday queiram desistir do pedido antes que ele seja enviado ou devolvam a mercadoria depois de recebê-la.

Segundo o Código de Defesa do Consumidor, elas têm 7 dias para isso e é preciso que você tenha uma política de devolução eficiente para que esteja preparado. Essa política de trocas e devoluções já deve estar presente no seu e-commerce, mas muitos clientes podem ter dificuldades em fazer o processo e pedir ajuda para sua equipe de atendimento.

Não esqueça de considerar os pedidos que foram cancelados ou que retornaram para a loja nos seus resultados e procure sempre saber o motivo da desistência.

Tente fechar os carrinhos abandonados

Não são só os vendedores que esperam meses pela Black Friday, o consumidor também já aprendeu que essa pode ser uma ótima época para comprar, e muitos deles passam o ano todo esperando para fazer as compras mais caras e importantes no fim de novembro.

Contudo, na hora de fechar o pedido, pode acabar rolando aquela indecisão, preguiça de finalizar o cadastro, surpresa com um frete muito caro ou dúvida se realmente precisa do produto, e é nesse momento que acontece o abandono de carrinho.

Faça uma verificação do número de carrinhos abandonados que teve durante a Black Friday e crie estratégias para convertê-los em vendas. Uma boa tática para isso é enviar um e-mail marketing avisando que o produto ainda está disponível, por pouco tempo, a preço de Black Friday, por exemplo.

>> Veja aqui O que é um carrinho abandonado, como evitar e reverter


Descubra o que deu errado

Pode ser que algumas métricas não sejam tão boas quanto você esperava, e aí é muito importante avaliar o que deu errado.

Converse com sua equipe e tente entender se houve problemas como deficiência no atendimento, lentidão no site, informações de produtos que não eram claras e outras falhas que podem ter interferido no resultado final.

Tome nota de tudo e crie estratégias para que isso não se repita nas próximas promoções que fizer em sua loja virtual.

>> Leia também O que podemos aprender com os erros e acertos (dos outros) na Black Friday

Atualize o layout

Se você criou um layout ou hot site especial para as ofertas da Black Friday, também é hora de retirá-lo do ar e voltar o e-commerce à sua cara normal, para que o consumidor entenda que a campanha já acabou.

Comece a reabastecer o estoque

Avaliando os produtos que foram vendidos durante o período da Black Friday, faça uma lista de compras para reabastecer o seu estoque para os próximos dias e comece a fazer as encomendas com os fornecedores.

Perceba quais foram as mercadorias que mais foram vendidas na data e aquelas que acabaram ficando encalhadas no estoque. Isso também pode ajudá-lo a criar um portfólio mais coerente para as próximas promoções.

Prepare-se para o Natal

Por fim, depois de se reorganizar após as vendas da Black Friday, é hora de começar a se preparar para o Natal.

Este é o momento para pensar em um mix de produtos especial para o fim de ano, voltar a negociar preços e condições especiais com os fornecedores e começar a delinear suas estratégias de vendas e marketing.

A época mais quente para vendas no e-commerce está só começando, então nada de perder o ritmo! Trace seu plano, coloque-o em prática e prepare-se para um fim de ano lucrativo!

Related posts
Presença digitalProdutos UOL Meu NegócioTudo para sua Loja Virtual

Saiba como montar um provador virtual para sua loja de roupas

5 Mins read
Você já teve receio de comprar roupas pela internet e receber peças que não caíssem bem no seu corpo? Esse medo passa…
Produtos UOL Meu NegócioSoluções

Como vender pelo Facebook e Instagram com a sua Loja VirtUOL?

5 Mins read
Já faz algum tempo que as redes sociais deixaram de ser apenas um ambiente para se entreter. As maiores marcas do mundo…
EmpreendedorismoPresença digital

Como abrir uma loja virtual de produtos cosméticos?

6 Mins read
Quanto tempo costuma durar os seus itens de cuidado pessoal? Quem gosta de cuidar da aparência raramente passa um mês sem adquirir…