Como anunciar no Google Ads

Como anunciar no Google Ads

Veja como utilizar a ferramenta de links patrocinados do Google

Google Ads, sistema de anúncios do Google, é uma das ferramentas preferidas por empreendedores e profissionais da área de marketing digital. Com ele, você cria anúncios de alto impacto que aparecem nas páginas do maior buscador do planeta e no momento mais sensível do processo de compra: a pesquisa.

 Leia também: Superguia Academia UOL Meu Negócio Tudo sobre Marketing Digital

O Google é, hoje, o principal canal de buscas do mundo, e quase sempre, quando estamos pesquisando algum produto ou loja para comprar, é a ele que recorremos. O resultado orgânico, aquele que o próprio Google julgou ser interessante para o usuário, aparece em lista nas páginas. Já os resultados patrocinados aparecem no topo, com a marca de “anúncio”.

 Confira o infográfico: 5 motivos para você começar a anunciar no Google Ads

Com esse destaque, as chances do seu site receber cliques são, sem dúvidas, bem maiores do que na busca orgânica. Estar por lá parece ser um bom negócio, não acha? Vamos, então, ver como criar seu anúncio no Google Ads?

1.       Faça sua conta

Para anunciar no Ads é preciso ter uma conta no Google. Acessando o site da ferramenta, você pode criar o cadastro com a sua conta do Gmail. O Google deverá pedir algumas informações sobre você e seu negócio, como CNPJ e forma de pagamento. Depois de completar todos os dados solicitados, sua conta será criada e estará ativa. 

2.       Planeje seu anúncio

Você pode ter vários anúncios simultâneos rodando no Adwords ao mesmo tempo, mas é interessante começar com um. Planeje primeiro o que vai anunciar: uma promoção? Um produto específico? Uma categoria? Uma condição especial? Sua empresa? Determinar o foco da sua ação é o primeiro passo para uma publicidade bem-sucedida.

3.       Crie um anúncio matador

Pense que o anúncio é formado por um título com, no máximo, 25 caracteres, um link e um curto texto de duas linhas, que não podem ultrapassar 35 caracteres cada. Isso é tudo o que você tem para convencer o usuário a clicar no seu link, então é preciso ser direto, preciso e persuasivo.

Não se esqueça de que cada vez que o seu anúncio é clicado, você é cobrado, então toda vez que alguém clica no link e não compra você está perdendo dinheiro. Aqui o foco é conversão!

4.       Trabalhe o link

O link que vai aparecer no anúncio não precisa ser a URL real, mas pode ser apenas um link “fantasia” para ilustrar para onde o consumidor será redirecionado. Sabendo desta vantagem, crie um link curto e atrativo, e tenha o cuidado de levar o usuário direto ao que ele procura.

Se o seu anúncio, por exemplo, é sobre camisetas da banda X, não leve o usuário para a categoria de camisetas de bandas ou para a home do site, mas, sim, direcione-o para o produto.

5.       Escolha excelentes palavras-chave

São elas que vão determinar quando e como seu anúncio será exibido para o público, então, não é preciso nem dizer o quão é importante pensar com cuidado nas palavras-chave. Tente se focar em como o usuário pensa no momento em que faz uma pesquisa.

 Leia também: 5 dicas para escolher as palavras-chave ideais para seu link patrocinado

É bom saber, também, que existem termos com muita concorrência, e que podem custar bem caro. Mas se você pensar em palavras mais específicas, pode encontrar menos empresas pagando por elas e economizar um pouco. Por exemplo, a escolher “camisetas de bandas”, prefira “camisetas de bandas de hardcore”.

Seguindo esses passos você já conseguirá montar seu primeiro anúncio, depois é só escolher qual será a modalidade de pagamento e monitorar os resultados.

Apesar de, aparentemente, ser bem fácil anunciar no Google, há “detalhes”, como escolha certa da palavra-chave para não perder dinheiro e definição de valores para o leilão de cliques, que podem ser bem complexos para novatos no assunto. Por isso e para otimizar suas campanhas, o UOL Meu Negócio tem uma equipe certificada pelo Google para criar e gerenciar seus anúncios. Não deixe de consultar!