Como conquistar o cliente com pacotes e produtos personalizados

Como conquistar o cliente com pacotes e produtos personalizados

É importante você primeiro entender as necessidades de todos os seus clientes

Você, fotógrafo, já parou para se perguntar se existem outros produtos e serviços que poderiam chamar a atenção dos seus clientes e aumentar o seu faturamento. Além dos ensaios, álbuns e coberturas de eventos, será que existem outras opções para oferecer e se destacar da concorrência?

A resposta é sim. Hoje, existe uma infinidade de itens que um fotógrafo profissional pode agregar ao seu mix para elevar sua receita e conquistar o público, como camisetas e cadernos personalizadas.

Com novos produtos, você pode atrair mais clientes, conquistar outros mercados e aumentar o valor de cada venda. Como consequência de tudo isso, você vai impulsionar significativamente o seu faturamento!

Mas é claro que esse movimento precisa ser muito bem pensado, e existem alguns passos que você deve dar para garantir que acrescentar novidades vai, realmente, dar resultados e fazer sentido na sua área de atuação. Confira quais são eles!

Estude o consumidor

O primeiro passo para conquistar o cliente com novidades é garantir que elas sejam interessantes para ele. E, para descobrir isso, você precisa conhecê-lo muito bem.

Estude as principais características dos seus consumidores, seus principais interesses, avalie em que momento eles costumam te contratar e quais serviços são os seus preferidos.

Se perceber que a maioria são noivos em busca de um fotógrafo para registrar a sua cerimônia de casamento e festa, por exemplo, pode considerar que um totem ou cabine fotográfica seria uma boa opção.

Se atua no ramo de fotografia de produtos e está acostumado a fazer apenas as fotos, pode se especializar para oferecer, também, a pós-produção e edição das imagens.

>> Conhecer bem o seu cliente é um dos requisitos para ter um negócio de foto de sucesso. Veja quais são os outros!

Faça uma pesquisa de mercado

Pesquisar o mercado também é importante, se você vai oferecer novas mercadorias ou serviços no seu negócio.

Você pode criar questionários para descobrir quem são as pessoas que consomem aquela mercadoria, suas idades, onde vivem, por que consomem o produto e quanto costumam gastar com ele. Na internet você também pode pesquisar quais são as principais marcas concorrentes no segmento, que tipo de diferenciais elas têm e qual sua faixa de preço.

Por meio deste tipo de pesquisa ficará mais claro quais são os melhores segmentos para você investir e onde existe possibilidade de crescimento.

Por exemplo, o segmento de capinhas de celular cresceu bastante nos últimos anos, e surgiram diversas marcas que já trabalham com a personalização desse produto, e o mercado se tornou um tanto saturado. Considerando isso, apesar de ser uma mercadoria que conversa com o seu universo, será que é um setor em que vale a pena investir?

Avalie os custos

Para acrescentar novos produtos ao seu negócio, você, provavelmente, vai ter de fazer algum tipo de investimento, por isso, é preciso avaliar se os custos dessa expansão de mix valem a pena, financeiramente falando.

Se você for passar a vender cadernos com fotos dos clientes, por exemplo, vai precisar de maquinário para a impressão e material para produção, então é importante calcular quanto esses elementos vão custar.

Fazer essa conta é importante para que você possa fazer uma estimativa de quanto vai precisar vender para cobrir as despesas da produção e obter lucro.

Aqui, a pesquisa de mercado vai te ajudar bastante a entender qual a demanda de mercado pelos itens que você está considerando comercializar, e vai ficar mais fácil comparar os gastos de um novo produto com a receita que ele pode gerar.

Por exemplo, vamos imaginar que você apurou na sua pesquisa de mercado que as pessoas costumam trocar de capinha para celular a cada 3 meses, ou seja, um cliente fiel compraria 4 capinhas por ano com você, cada uma a R$ 30. Se o investimento inicial na máquina de impressão e nos primeiros insumos foi de R$ 2.000, você precisaria vender, pelo menos, 67 capinhas de celular para recuperar o dinheiro aplicado.

Precifique

Sabendo dos custos e da oportunidade de mercado, calcule estrategicamente os preços de venda e avalie se eles são realmente comercializáveis para o seu público.

Eventualmente, você pode lançar os novos itens com preços promocionais para chamar a atenção dos consumidores e avaliar a aceitação das mercadorias.

Vamos imaginar que você vá entrar no negócio de impressão de fotos em camisetas. O seu fornecedor vende pacotes com 100 camisetas brancas a R$ 300 e você apurou que, para fazer todas elas, vai precisar gastar mais R$ 180 em tinta apropriada. Além disso, você também vai gastar cerca de R$ 30 em energia elétrica e R$ 50 em marketing para divulgar o produto. Com isso, você terá um custo total de R$ 560 para fazer 100 camisetas.

Além do custo unitário de R$ 5,60, você vai precisar de um dia inteiro de trabalho para a produção e deve receber R$ 300 pela diária ou R$ 3 por camiseta. Como resultado, o custo unitário sobe para R$ 8,60. Pensando que sua empresa ainda precisa ter lucro e render o suficiente para que haja mais investimento neste e outros produtos, você então faz uma média de mercado e decide o preço de R$ 25 por peça, o que te dá uma margem de R$16,40 por camiseta vendida.

Pronto! Você tem um valor competitivo, que paga as despesas e ainda permite que invista mais no negócio.

>> Confira mais dicas de precificação de serviços e saiba como cobrar por suas fotos.

Monte pacotes

Talvez leve um tempo para que alguns dos novos itens ganhem o coração do público ou que você perceba que não há uma demanda grande o suficiente para comercializá-los sozinhos, então, montar pacotes com serviços que você já oferece pode ser uma ótima alternativa. 

Você pode, por exemplo, criar um pacote assim: cobertura fotográfica + álbum impresso. Outra opção pode ser: um ensaio fotográfico infantil + 50 ímãs de geladeira personalizados com a foto da criança para oferecer como lembrança para os convidados da festa. Você pode também montar um pacote que contemple um ensaio sensual + uma revista impressa para presentear a modelo ou o seu parceiro.

A ideia é mesclar produtos novos com serviços já estabelecidos para aumentar o seu ticket médio e facilitar a venda dos itens personalizados.

Bônus: 10 produtos personalizados e serviços diferentes para oferecer

Canecas

Quadros e pôsteres

Chaveiros

Almofadas

Calendários

Monóculo fotográfico

Chinelos

Garrafas térmicas

Copos plásticos

Skins para notebook