Como funciona a poupança e o seu rendimento?

Como funciona a poupança e o seu rendimento?

A poupança é um dos investimentos mais conhecidos do mercado. Isso acontece justamente por apresentar uma segurança e facilidade de investir e sacar o dinheiro quando o usuário precisa, evitando assim angústias.

Poupar dinheiro tornou-se uma das ações mais importantes na vida de qualquer pessoa, afinal de contas, quando os imprevistos aparecem é preciso ter um dinheiro guardado para dar aquele fôlego no orçamento doméstico ou profissional.

Neste artigo você vai saber como funciona a poupança e qual é o seu rendimento por mês. Uma ótima oportunidade para poupar dinheiro e realizar os seus sonhos.

O que significa fazer uma poupança? 

Antes de tudo, precisamos entender a diferença entre dois termos relacionados ao mesmo assunto: 

  • Caderneta de poupança
  • Conta poupança

A primeira é um investimento de baixo risco (renda fixa) criado e controlado pelo Governo Federal em 1861 (assinado por D. Pedro II), mesmo ano em que se abria a Caixa Econômica Federal.

Os bancos oferecem então a conta poupança para que os clientes possam investir na caderneta. 

Agora vamos falar sobre rendimentos. O rendimento dessa modalidade acompanha a taxa Selic, que é a taxa básica de juros aplicada nos investimentos do Brasil e de toda a economia do país. 

A taxa Selic foi definida para 5,25% ao ano em agosto de 2021, o que pode definir a rentabilidade dos seus investimentos. Quanto mais alta a taxa Selic for, mais o seu dinheiro poderá render

Conta corrente e conta poupança são diferentes?

Pode-se dizer que a conta corrente é separada da conta poupança, ou seja,  uma pessoa pode ter uma conta corrente e não fazer uso da conta poupança. Isso ocorre pois, a maioria dos clientes que já são correntistas de um banco contam também com a conta poupança. 

A conta corrente serve muitas vezes para os usuários receberem seus salários e outros ganhos mensais. A conta poupança serve para poupar dinheiro mensalmente, feito por meio de depósito ou transferência bancária direta.  

Conta corrente Conta poupança 
Serve para movimentar dinheiro diretamente, recebendo salários, realizar transferências e etc.Está associada com a caderneta de poupança, usada para guardar dinheiro por meio de transferência bancária ou depósito.
Os clientes contam com um cartão de débito para fazerem saques em caixas eletrônicos ou banco 24 horas. É possível ter um cartão de débito exclusivo para a modalidade. 
Os gastos realizados no cartão de débito são pagos com o valor disponível na conta. Para usar o valor disponível, é preciso muitas vezes pedir o resgate do dinheiro.
O banco deve oferecer de forma obrigatória uma cesta de serviços por mês, que incluem transferências gratuitas (TED,  DOC e Pix).Não há cobranças de taxas ou tarifas, além de ser contra as normas do Banco Central do Brasil. 
O dinheiro parado na conta corrente não altera o seu valor, ou seja, não rende juros.O dinheiro aplicado rende mensalmente de acordo com a taxa Selic. É possível sacar o valor que rendeu no aniversário da poupança, que acontece a cada 30 dias. 

Quanto rende a poupança? 

Como mencionamos anteriormente, a caderneta de poupança rende 5,25% ao ano (o que pode alterar de acordo com a taxa Selic), cerca de 0,30% ao mês. Há também o rendimento de 70% dos juros básicos mais a Taxa Referencial (que está zerada desde 2017).

Esse rendimento é bom ou ruim? Cada pessoa conhece os seus próprios objetivos de vida. Se você deseja comprar um imóvel ou automóvel dentro de um ou dois anos, poupar dinheiro todos os meses pode ser uma boa opção. O mesmo acontece se você desejar investir no seu negócio.

A caderneta de poupança muitas vezes é usada também como complemento de uma previdência privada. Nela, o cidadão investe em sua aposentadoria ao mesmo tempo em que guarda dinheiro para futuramente usar como quiser.    

Poupança, inflação e Taxa Selic 

Qual a relação entre a poupança, a inflação e a taxa Selic? Bem, sabemos que a poupança rende de acordo com a Selic, que é a taxa mãe dos investimentos e outras operações financeiras do Brasil.

Já a inflação indica o aumento generalizado no preço de bens e serviços importantes no dia a dia dos cidadãos, sendo ela a responsável por diminuir o poder de compra dos consumidores. 

Simulação: rendimento atual R$ 1.000 por ano

Suponhamos que você tenha R$ 1.000,00 para investir na poupança. Considerando a taxa Selic a 5,25% (ao ano), você terá após um ano o valor aproximado de R$ 1.005,25. 

Se uma pessoa guarda R$ 10.000,00, acontecerá a mesma coisa, ela terá R$ 10.005,25 após esse período.

Independente do valor investido, a poupança possui um valor único de rendimento – nem mais, nem menos do que o esperado. 

Vale a pena fazer o investimento em poupança? 

Como mencionamos nos tópicos anteriores, cada pessoa deve saber quais são as suas prioridades e como se organizar financeiramente, sem sofrimento.

Mas, se a ideia é ter mais rentabilidade, ou seja, ganhar mais dinheiro com o investimento, talvez a poupança deixe de cumprir esse papel.

O PagSeguro por exemplo, possui investimentos que são altamente rentáveis. Você pode investir em renda fixa ou variável conforme o seu objetivo pessoal ou profissional. 

Além disso, é possível ter uma rentabilidade maior do que a poupança, cerca de 200% do CDI (Certificado de Depósito Interbancário), que é uma modalidade de aplicação do dinheiro que pode render uma taxa de juros fixa ou variável. 

Os investimentos de renda fixa são destinados para quem quer ter uma rentabilidade bacana, mas não abre mão da segurança, ou seja, não quer perder dinheiro. 

Já os investimentos de renda variável são ideais para quem já tem um dinheiro investido, mas quer ganhar mais dinheiro com os produtos, aceitando correr um certo risco para ganhar uma maior rentabilidade.  
Para começar a investir com o PagSeguro, basta abrir a sua conta gratuitamente e baixar o App do PagBank. Vamos começar a fazer o seu dinheiro render mais com os investimentos do PagSeguro?