Conheça a técnica que ajuda a organização e a produtividade nos negócios

Conheça a técnica que ajuda a organização e a produtividade nos negócios

Metodologia japonesa é baseada em 5 sensos principais

No mundo da administração de empresas existem diversas metodologias, ferramentas e técnicas que são utilizadas por organizações de todo o mundo para promover melhoria nos processos, relacionamento interpessoal, produtividade e organização.

Você já conheceu por aqui algumas delas, como o Ciclo PDCA e a metodologia OKR, e agora vamos apresentar o Programa 5S, uma técnica desenvolvida no Japão que ganhou adeptos em todo o mundo.

A ideia do programa é reprogramar o comportamento da equipe de funcionários fazendo com que todos tenham uma maior percepção sobre o ambiente de trabalho e da execução das tarefas.

Em outras palavras, a ideia é evitar que os profissionais adotem ações “automáticas” e estejam mais autoconscientes de suas posturas, tarefas e do ambiente no qual trabalham.

Como resultado, o Programa 5S deve gerar funcionários que trabalham mais, desperdiçam menos, são mais responsáveis, organizados e engajados com a empresa.

Ficou interessado? Vamos conhecer melhor essa técnica japonesa que pode revolucionar seu negócio!

Os 5S – Utilização, Organização, Limpeza, Saúde e Autodisciplina  

O Programa 5S é baseado em um cronograma de cinco passos necessários para a mudança de hábitos. A letra S, na verdade, vem das palavras em japonês, que são:

Seiri (Senso de Utilização): este é o momento no qual há uma análise (tanto física quando estratégica) do que é ou não necessário nos processos. Equipamentos, etapas de trabalho, protocolos e tudo o que não for considerado essencial para o bom andamento da produção deve ser descartado.

Seiton (Senso de Organização): momento de repensar o ambiente organizacional depois que o descarte de itens e etapas inúteis foram removidos. É preciso identificar o lugar de cada coisa e trabalhar sempre para mantê-las organizadas.

>> Leia também 10 mandamentos para organizar melhor o dia a dia da sua empresa

Seiso (Senso de Limpeza): a prática japonesa prega que esse momento seja dedicado à percepção e à limpeza da área de trabalho. Aqui vale jogar fora documentos e materiais que não sejam mais necessários, limpar tudo, abastecer o espaço com itens novos, cuidar da iluminação e conforto do ambiente, para que as pessoas trabalhem mais felizes.

 

Seiketsu (Sendo de Saúde): etapa em que se estabelecem práticas para melhorar não só a saúde física dos funcionários, como a mental e emocional, como rever as políticas de benefícios e bonificações, avaliar a comunicação interna e perceber como as características do ambiente de trabalho podem prejudicar toda a equipe. Esse momento também é dedicado à percepção de como a higiene pessoal pode impactar no bem-estar de todos.

Shitsuke (Senso de Autodisciplina): o último momento é dedicado ao entendimento de que é necessária a colaboração de todos os envolvidos para que a ordem e o bem-estar coletivo se mantenham. Também é aqui que se percebe se os procedimentos criados nas etapas anteriores estão funcionando e o que precisa ser feito para que alcancem melhores resultados.

O Programa 5S só tem sucesso quando é adotado como uma cultura, uma nova forma de enxergar o trabalho, o ambiente organizacional e o seu próprio comportamento. É imprescindível que toda a equipe esteja engajada em entender e praticar os pontos propostos sempre. Afinal, não se muda um hábito fazendo algo diferente apenas uma vez, não é mesmo?

>> Confira, também, este infográfico sobre os 20 hábitos de pessoas superprodutivas

Quando é adotado com sucesso por todos os colaboradores, o Programa 5S é capaz de ajudar a melhorar a interação entre os funcionários, diminuir desperdícios e problemas com a deterioração de equipamentos e instalações da empresa, entre outros benefícios.

Em suma, seus funcionários estarão mais felizes e se sentirão mais reconhecidos, e o ambiente de trabalho será transformado em um local mais bem conservado e respeitado por aqueles que o utilizam todos os dias.