Índice de Rentabilidade: como manter a saúde financeira da sua empresa?

Índice de Rentabilidade: como manter a saúde financeira da sua empresa?

Você sabe o que significa a rentabilidade de uma empresa? Ela serve para mostrar se o negócio está tendo o retorno esperado de todo o investimento realizado, como por exemplo em propagandas e divulgação.

A preocupação com esse aspecto mostra o quanto os brasileiros têm se dedicado ao seu negócio, aumentando a expectativa de crescimento de novos negócios, de acordo com dados publicados no UOL Economia

Podemos dizer que a partir da rentabilidade é possível medir o potencial do seu negócio, e em quanto tempo poderá obter lucro. Neste artigo, você vai descobrir que não é preciso ser expert em matemática financeira para encontrar a rentabilidade da sua empresa!   

O que é rentabilidade?

Para explicar o que é rentabilidade, precisamos dar uma pincelada no que é lucratividade. Isso porque, você precisará dessas informações para calcular o índice de rentabilidade da empresa. 

A lucratividade tem tudo a ver com lucro, ou seja, é a receita de vendas. Trata-se de todo o dinheiro que entra na empresa, subtraindo as despesas (pagamentos de contas, impostos e etc), também chamado de lucro líquido

Para calculá-lo, é necessário pegar o valor do lucro líquido e dividir pela receita bruta da empresa (a soma total das vendas de produtos ou serviços, incluindo as despesas). 

Fórmula:

LUCRO LÍQUIDO 

            ➗    = multiplique o resultado por 100  e encontre a lucratividade. 

RECEITA BRUTA

Após encontrar o resultado, multiplique-o por 100 e assim obteremos a lucratividade em porcentagem. Veremos como calcular nos próximos tópicos deste artigo.

Diferença entre rentabilidade e lucratividade

Tanto a rentabilidade como a lucratividade, são importantes indicadores de desempenho que mostram dados sobre o faturamento e investimento feito na sua empresa, facilitando a tomada de decisões no dia a dia.

A principal diferença entre um termo e outro é que a lucratividade diz respeito ao que a empresa está faturando com a venda de seus produtos e serviços. Além disso, também é levado em consideração as despesas e custos estão sendo pagos.

Já a rentabilidade, diz respeito ao investimento total feito em sua empresa desde o início da sua abertura. Nesse cálculo também está incluído o que é investido nas campanhas de divulgação de produtos e serviços, como por exemplo:

Como calcular os índices de rentabilidade?

Como já mencionamos no começo do artigo, a rentabilidade é calculada da seguinte forma: 

  • Se a empresa obteve R$ 1.000,00 de lucro líquido e a receita bruta foi de R$ 2.000,00, basta dividir um valor pelo outro e teremos 0,5
  • Após isso, multiplicando por 100, o resultado é de 50%.

Já a rentabilidade refere-se ao retorno que o empreendedor teve no investimento realizado na empresa desde o início. Podemos exemplificar da seguinte forma: 

  • A empresa que citamos acima teve um lucro líquido de R$ 1.000,00, enquanto o investimento inicial realizado no negócio foi de R$ 20 mil (com equipamentos, propagandas, anúncios e custos para fazer o negócio girar). 

Assim, basta dividir R$ 1.000,00 por R$ 20 mil, obtendo 0,05 e depois multiplicar por 100: o resultado é de 5% de rentabilidade. Ou seja, a cada produto vendido, a empresa ganhará 5% de rentabilidade em cima de cada um deles.

Existem também alguns índices importantes associados à rentabilidade que precisamos conhecer para entender como ela funciona na prática. 

Índice de margem

Dividido em duas partes (margem líquida e operacional), esse índice mostra qual é o valor que a empresa está ganhando quando vende os seus produtos e serviços. Além disso, ele mostra o lucro da empresa obtido em cada unidade de produto vendido. 

Basta dividir o lucro total da empresa pelo número de unidades vendidas de um produto para obter o índice de margem operacional.

Já a margem líquida, existe para mensurar o lucro obtido em cada produto — já com a dedução de impostos ou custos. 

Índice de ativos

Trata-se do cálculo de dois tipos de ativos: o retorno sobre o ativo e o índice de giro do ativo. O primeiro indica o índice de retorno sobre o que foi investido na empresa.

Para encontrá-lo é necessário multiplicar o lucro líquido por 100, dividindo o resultado pelo valor do ativo (valor investido na empresa). 

Com a prática desses cálculos, você logo entenderá como tudo funciona e a importância de cultivar esse conhecimento para o seu negócio.

Por sua vez, o índice de giro está diretamente ligado à receita líquida (resultado das vendas dos produtos e serviços da empresa, já descontada as deduções de impostos e etc) e o valor total do ativo. Para calculá-lo, basta dividir um valor pelo outro.

Retorno do investimento – ROI

Esse índice serve para saber em quanto tempo a empresa dará lucro, mas também indica se o investimento financeiro realizado foi recuperado. Para calcular, é preciso pegar o valor arrecadado até o momento e dividir pelo valor investido no negócio. Em seguida, multiplique o resultado por 100%.

A ideia é que você recupere o valor investido, mais o lucro obtido. Por exemplo, se a sua empresa arrecadou R$ 20 mil nos últimos seis meses (período recomendado para calcular corretamente) e o investimento foi de R$ 30 mil, multiplicando por 100%. Nesse cálculo, obtemos 66,66%, que é a porcentagem de retorno do investimento

Todas essas informações que citamos a respeito desses índices, mostram como o empreendedor deve olhar para o seu negócio, com olhos mais atentos e minuciosos a cada detalhe que envolve as finanças do empreendimento. Afinal, todo investimento deve dar retorno financeiro!

Muitos empreendedores começam do zero e constroem verdadeiros impérios no mercado, pois entenderam a importância de saber exatamente quanto a sua empresa vai dar de lucro a curto, médio e longo prazo, além de conhecer os índices e margens que citamos aqui.

Essas informações estão acessíveis a todas as pessoas, mostrando que o conhecimento é uma ferramenta poderosa que capacita o empreendedor a promover o sucesso. 

Gostou deste conteúdo? Então continue acompanhando os materiais produzidos especialmente para você, na Academia UOL Meu Negócio!

Dessa forma, os empreendedores têm acesso a inúmeros artigos que falam sobre o funcionamento da empresa, várias dicas para melhorar a produtividade no dia a dia, como gerenciar a contabilidade do seu negócio e muito mais, preparados com muito carinho para você!