CasesPresença digitalProdutos UOL Meu NegócioSoluçõesTudo para sua Loja Virtual

Informática e eletrônicos lideraram vendas no Dia do Frete Grátis

2 Mins read

Não é apenas a Black Friday (liquidação que acontece na última sexta-feira de dezembro) que faz sucesso entre os eventos trazidos de fora e incorporados no calendário do e-commerce brasileiro.

⇒ Descubra, no vídeo abaixo, como vender mais na Black Friday usando as ferramentas certas:

No último dia 25 de abril rolou a terceira edição do Dia do Frete Grátis, que a cada ano vem ganhando mais adesões de lojistas virtuais.

O evento, inspirado na data americana denominada Free Shipping Day e que acontece nos EUA há cinco anos, é organizado pelo site Busca Descontos e conta com 24 horas ininterruptas de vendas com preços especiais e valores imperdíveis de frete.

Conversamos com Patrícia Soderi, diretora de novos negócios do Busca Descontos, para saber mais sobre os resultados de 2014 e as expectativas para os próximos anos.

Como foi o resultado do Dia do Frete Grátis deste ano?

A data vem ganhado força porque dar a cortesia do frete está se tornando algo raro no Brasil. Ele pesa muito nos custos e margens dos varejistas. Portanto, fazer isso apenas por um dia passa a ser um diferencial para o lojista e uma baita oportunidade para o consumidor.

Apesar de a entrega gratuita ser um fator importante para a decisão de compra dos e-consumidores, no decorrer do ano houve queda na oferta de frete grátis, que passou de 58% em dezembro de 2012, para 50% em dezembro de 2013.

Essa redução deve continuar em 2014 por causa da busca das empresas por rentabilidade.

Creio que a tendência seja o Dia do Frete Grátis se fortalecer a cada ano.

Quais foram as categorias mais desejadas pelos consumidores este ano e de quais regiões brasileiras vieram os principais acessos?

Em 2014, as categorias mais desejadas durante as 24 horas do evento foram: em primeiro lugar informática (21%) e eletrônicos (21%), em seguida, aparece vestuário e calçados (15%), eletrodomésticos (10%) e, por fim, casa e decoração (8%).

Mais de 24% dos acessos vieram de clientes de São Paulo, 11% vieram do Rio de Janeiro e 10% de Minas Gerais. A Bahia representou 6% dos acessos e o Paraná 5%.

Quais são as vantagens para os lojistas e para o mercado digital com eventos como este?

É uma grande oportunidade de otimizar as vendas e de conquistar novos clientes que ainda não compraram online por terem que pagar frete ou por não terem incentivo ao consumo neste canal. Participando de eventos como esse, o varejista ganha fôlego em épocas de baixa e potencializa os lucros nas épocas de alta.

Foram constatadas maquiagens de preços no dia do evento? Como vocês lidam com isso?

Na realidade a responsabilidade sobre a oferta, venda e entrega dos produtos é total dos lojistas. Temos a política de sempre alertar os empreendedores quando verificamos distorções nos preços e optamos por não publicar a oferta. Mas ressalto que a responsabilidade é total da loja virtual.


Related posts
Presença digitalProdutos UOL Meu NegócioTudo para sua Loja Virtual

Saiba como montar um provador virtual para sua loja de roupas

5 Mins read
Você já teve receio de comprar roupas pela internet e receber peças que não caíssem bem no seu corpo? Esse medo passa…
Produtos UOL Meu NegócioSoluções

Como vender pelo Facebook e Instagram com a sua Loja VirtUOL?

5 Mins read
Já faz algum tempo que as redes sociais deixaram de ser apenas um ambiente para se entreter. As maiores marcas do mundo…
EmpreendedorismoPresença digital

Como abrir uma loja virtual de produtos cosméticos?

6 Mins read
Quanto tempo costuma durar os seus itens de cuidado pessoal? Quem gosta de cuidar da aparência raramente passa um mês sem adquirir…