Pirataria de softwares: por que as empresas precisam se conscientizar desse mal

Pirataria de softwares: por que as empresas precisam se conscientizar desse mal

Software original não é custo, e sim investimento em segurança

Quase metade dos programas instalados no Brasil é pirata, de acordo com pesquisa realizada pela Business Software Aliance (BSA). Especialmente pequenas e médias empresas ainda não utilizam softwares originais e ignoram as consequências e os prejuízos desse ato. 

Os danos causados ao negócio são significativamente maiores que as vantagens obtidas. Afinal, ao usar um software não original, a empresa fica vulnerável a ataques cibernéticos.

Perda de informações, sequestro de dados e roubo de identidade são apenas alguns exemplos dos males causados por esses ataques. Isso sem citar que depender de um programa não original interfere na produtividade de todos os colaboradores.

A verdade é que o Brasil já é considerado o país com mais riscos de sofrer violação de dados nos próximos dois anos, de acordo com estudo encomendado pela IBM ao Instituto Ponemon. E a pirataria de softwares tem relação direta com essa constatação, considerando que os ataques maliciosos são as principais causas da violação de dados.

Ao instalar um programa ilegal na sua máquina, você abre as portas da sua empresa para vírus, malwares e outras pragas virtuais.

Software original não é custo, e sim investimento em segurança

É essencial que as empresas não enxerguem os softwares originais como um custo, e sim como um investimento em segurança. Veja algumas provas disso:

  • Acesso a recursos de proteção adicionais e controle sobre localização e exclusão de dados.

  • Aumento da segurança da empresa com backup automático na nuvem e sincronização online de arquivos.

  • Mais produtividade: aplicação de patches e atualizações automáticas sem impactar o fluxo de trabalho da equipe.

  • Apoio de um suporte técnico 24 horas por dia, 7 dias por semana, caso tenha algum problema com o software.

  • Estrutura para serviços online que se mantém atualizada em relação aos padrões e regulamentos aplicados ao seu setor ou à sua região.

  • Evita problemas de conformidade com a regulamentação do país.

  • Acesso a serviços de cenários de disaster recovery e continuidade dos negócios.

  • Diminui o risco de exposição a vírus de software, corrupção de disco ou defeitos no software.

  • Otimiza os recursos da empresa, que podem ser investidos em inovação e competitividade.

  • Minimiza o risco de roubo de dados e ataques cibernéticos.

Veja, abaixo, um infográfico com mais informações sobre pirataria de software e os riscos que as empresas correm ao seguir esse caminho:

Com o Office 365 Business é possível acessar os documentos da sua empresa com segurança e ter à disposição as últimas atualizações de ferramentas como Word, Excel, Power Point, entre outras!