Presença digitalProdutos UOL Meu NegócioSoluções

Por que vender meus produtos em marketplaces?

4 Mins read

O empreendedor que decide colocar um novo negócio no mapa costuma se ver cercado por algumas dúvidas. Entre elas, a mais recorrente é se vale ou não a pena vender em marketplace.

Fato é que o comércio eletrônico vive uma verdadeira explosão de vendas em todo o Brasil, e os “shoppings do varejo virtual” se tornaram o lugar mais procurado por quem abre uma loja virtual mas ainda não conta com um público fiel para consumir os produtos.

Mas, como conquistar o seu espaço em um mercado cada vez mais disputado? 

Preparamos algumas dicas que são fáceis de colocar em prática e bem eficientes para as suas estratégias de vendas. Entenda a partir de agora com o UOL Meu Negócio como vender em marketplace!

Boa leitura!

Afinal, por que vender em marketplaces?

O principal motivo para você considerar vender em marketplace é, sem dúvidas, o fato de que nesse modelo de negócio todos saem ganhando!

A plataforma de vendas ganha produtos mais diversificados e atrai novos perfis de público. Já o lojista, se beneficia com o aumento da visibilidade e demanda por seus produtos a um investimento baixo.

Mas as vantagens não terminam por aí. Por isso, separamos outras excelentes vantagens que as vendas em marketplace podem trazer para a sua marca!

Quais as vantagens para o meu negócio?

Além de pagar apenas uma comissão sobre cada item vendido pelo marketplace, o lojista parceiro também conta com toda a segurança da plataforma, como na confidencialidade dos dados das transações, por exemplo.

O custo de se manter um marketplace é bem menor que os custos de se manter um e-commerce, por exemplo. Isso porque o empreendedor não precisa ter gastos com criação de site e hospedagem.

Quando os gastos são comparados a manutenção de uma loja física, a redução nos custos é ainda maior, já que são eliminados os pagamentos de aluguel, energia elétrica e água.

Além disso, quem vende em marketplace costuma receber vários visitantes por dia. Afinal, os produtos ficam expostos em verdadeiras “vitrines virtuais”, com alto tráfego de visitantes e grande visibilidade. E o melhor, sem maiores investimentos em divulgação.

Com um público mais diversificado, é comum que usuários de qualquer parte do Brasil passem a comprar o seu produto no marketplace. Mas, antes de se preocupar com a entrega das mercadorias, saiba que os marketplaces normalmente já oferecem total integração com os Correios.

Como garantir sucesso nas vendas em marketplace

Para conquistar um volume maior de vendas, é interessante que você crie anúncios chamativos, que despertem o desejo do consumidor. 

Se você deseja fazer isso de maneira orgânica, aposte na estratégia de SEO, com o uso de palavras-chave que coloquem o seu produto em destaque na primeira página do Google.

Aliás, a otimização do conteúdo é um dos melhores caminhos para o seu produto chegar de forma mais eficiente ao seu potencial cliente. 

Descreva o produto de maneira atraente, destacando o que ele tem de melhor. Se você descrever características que não são importantes, provavelmente o consumidor vai procurar por produtos em outra loja.

Tenha muita atenção no momento de precificar os seus produtos. Verifique se não há nenhum preço que destoe da página de vendas para o carrinho de compras. Além de gerar uma grande insatisfação no consumidor, também pode ser o gatilho para ele nunca mais voltar a comprar no seu ambiente virtual.

Falando em preço, outro ponto que merece atenção para fidelizar o cliente e vender mais é o valor do frete. Dependendo do valor definido nesta etapa, o cliente pode abandonar o carrinho e procurar melhores condições de frete (ou até mesmo frete grátis) no concorrente.

E claro, não deixe de oferecer o melhor atendimento, pois a maneira como você trata o consumidor é crucial para o aumento dos seus lucros. Não esqueça que um cliente bem atendido tem maiores chances de voltar a comprar produtos da sua loja, além de indicá-la para outras pessoas.

Como vender meus produtos em um Marketplace?

Para começar a vender em marketplace, você não precisa obrigatoriamente ser dono(a) de uma loja física ou virtual. Além disso, como já falamos anteriormente, a maior parte das plataformas não cobram mensalidade ou taxa de cadastro, você pagará apenas uma porcentagem quando os produtos são vendidos.

Primeiro, escolha um canal de vendas que atenda ao seu nicho de mercado (mostraremos no próximo tópico as opções disponíveis no mercado). Outro ponto importante a ser analisado é a escolha por marketplaces que tenham um alto volume de visitantes — na internet você consegue encontrar pesquisas anuais sobre o tráfego dos principais marketplaces do mundo.

Depois de escolher a plataforma, o próximo passo é ler atentamente o regulamento do canal de venda, pois algumas plataformas exigem o cadastro apenas com o CNPJ da sua empresa.

Para o cadastramento dos produtos, não esqueça de incluir imagens que mostram em detalhes o seu produto, títulos que sejam atrativos para o consumidor demonstrar interesse em adquirir a sua mercadoria. Além de descrições que deixem bem claro o preço, a política de frete, tamanhos, materiais e a validade (em caso de produtos não duráveis).

Quais os melhores marketplaces para vender produtos?

Se você está pensando em vender em marketplace, precisa conhecer algumas opções de plataformas que podem ser encontradas no comércio online

Para otimizar o seu tempo, o UOL Meu Negócio tratou de separar os principais marketplaces do mercado. Confira:

  • Shopee
  • Mercado Livre
  • Amazon
  • Magazine Luiza
  • Via Varejo

Além disso, existem também os marketplaces de nicho, que atuam em segmentos mais específicos do mercado. Entre alguns exemplos, podemos citar MadeiraMadeira e WebContinental (móveis), Centauro, Netshoes e Zattini (calçados), OLX e Enjoei (Revenda de produtos usados/seminovos).

Percebeu que na nossa lista dos principais marketplaces está a Shopee? A gigante do varejo mundial agora é parceira do UOL Meu Negócio!

Isso mesmo! Agora o empreendedor que escolher ter uma Loja VirtUOL garante a integração com a Shoppe. Assim, além de garantir um maior alcance de público, você também conquista mais credibilidade ao nome da sua marca.

Traga já o seu negócio para aproveitar as vantagens dessa parceria de sucesso!

Related posts
Produtos UOL Meu NegócioSoluções

Como vender pelo Facebook e Instagram com a sua Loja VirtUOL?

5 Mins read
Já faz algum tempo que as redes sociais deixaram de ser apenas um ambiente para se entreter. As maiores marcas do mundo…
EmpreendedorismoPresença digital

Como abrir uma loja virtual de produtos cosméticos?

6 Mins read
Quanto tempo costuma durar os seus itens de cuidado pessoal? Quem gosta de cuidar da aparência raramente passa um mês sem adquirir…
Presença digitalPrimeiros passosProdutos UOL Meu NegócioSoluçõesTudo para sua Loja Virtual

Loja virtual de roupas: o segredo do sucesso está nos detalhes

5 Mins read
O consumidor que compra pela internet espera ter uma experiência que traga maior praticidade, rapidez e conforto. Logo, é importante pensar nesses…