Soluções

SaaS x IaaS x PaaS: qual é o melhor modelo de cloud computing para suas necessidades?

6 Mins read

IaaS, PaaS e SaaS: você já ouviu falar nessas siglas e sabe da importância delas para a sua empresa? Essas letras podem até soar estranhas e complexas em um primeiro momento, mas você verá que entendê-las é bem mais simples do que parece. 

Para começar, elas se referem a modelos de cloud computing. Cloud, basicamente, trata-se de um método de armazenamento remoto. Nele, os seus dados ficam em um servidor externo, para você acessá-los online de qualquer dispositivo, com mais segurança, eficiência e flexibilidade.

Ou seja, por mais que existam algumas diferenças, todas estão ligadas à tecnologia de computação em nuvem que o seu negócio precisa para armazenar seus arquivos, redes e sistemas. 

Sabendo que a nuvem está entre as principais tendências da área de tecnologia, preparamos este artigo para garantir que você dê um passo à frente da concorrência e entenda as particularidades mais relevantes do tema. Confira: 

  • O que é e as principais características de IaaS, PaaS e SaaS?
  • Quais são as vantagens de cada modelo?
  • Afinal, como definir o melhor modelo para o meu negócio?

Ao final deste conteúdo, você vai entender tudo que o IaaS, PaaS e SaaS podem fazer pela sua empresa e como definir o tipo ideal para as suas necessidades. 

>> Quer aproveitar o melhor desta área com toda a qualidade da infraestrutura UOL? Clique aqui e conheça os planos com transferência limitada do UOL Cloud Computing

O que é e as principais características de IaaS, PaaS e SaaS? 

Conforme citamos acima, entender qual a diferença entre PaaS, SaaS e IaaS é fundamental para que o cloud computing realmente beneficie o seu negócio e você garanta o formato ideal para as suas demandas.

Muito além disso, ao explorar como esses conceitos se diferem, você também entenderá melhor o significado, as particularidades e quais são as possibilidades da própria computação em nuvem. Entenda mais:

  • IaaS (Infrastructure as a Service, ou Infraestrutura como Serviço): é um serviço em que os fornecedores disponibilizam apenas a infraestrutura de cloud. Ou seja, as organizações usam seus próprios sistemas e aplicativos, armazenam os seus dados e usam suas redes e servidores dentro de um provedor remoto.
  • PaaS (Plataform as a Service, ou Plataforma como Serviço): além de armazenar seus dados e usar seus próprios recursos de computação na nuvem disponibilizada pelo fornecedor, os usuários ainda têm acesso a um ambiente cloud para desenvolver, personalizar e testar seus próprios sistemas e aplicativos.
  • SaaS (Software as a Service, ou Software como Serviço): não é nem a nuvem onde a empresa pode armazenar os seus sistemas e nem uma plataforma para criar e customizar aplicações em cloud. Trata-se do software propriamente dito, mas que não precisa ser instalado. Ele é usado de forma online e colaborativa pelos usuários

Agora que já apresentamos os conceitos e as principais características de IaaS, PaaS e SaaS, entenda abaixo quais são os benefícios de cada modelo e como eles impactam o seu dia a dia. 

Quais são as vantagens de cada modelo? 

Quando falamos de IaaS, os exemplos incluem soluções como Google Cloud e Microsoft Azure. Ou seja, você paga para usar o espaço de um servidor remoto, com backups automáticos, armazenamento dos seus dados e hospedagem dos seus sistemas.

Imagine todos os arquivos e documentos que você tem no computador. Com o IaaS, eles ficam online, para acessá-los a qualquer hora e lugar. Além disso, eles são salvos automaticamente na internet, para você não perder nada, mesmo se a sua máquina estragar. 

O melhor é que isso também vale para os seus programas. Ou seja, o software que você usa diariamente na sua empresa já fica na nuvem, e você não precisa instalá-lo no computador.

Nos exemplos de PaaS, há o Google App Engine e Windows Azure. Mais que entregar softwares e dados pela internet, eles servem para desenvolvedores criarem aplicações sem se preocupar com questões como armazenamento, sistemas operacionais e infraestrutura.

Se o seu negócio for maior e contar com um time de Devs, seja para automatizar as suas próprias tarefas ou para vender sistemas a terceiros, um cloud PaaS permite criar aplicações Java, Python e Go diretamente na nuvem. Portanto, os esforços de programação não ficam “presos” às limitações dos computadores da sua empresa. Todos os dados são armazenados na plataforma, de forma escalável e com toda a infraestrutura dos data centers online.  

No caso do SaaS, o significado mais popular está no uso de aplicativos terceirizados diretamente pela internet, normalmente via navegador. Ele engloba soluções comuns do dia a dia, como os recursos do Google WorkSpace e o pacote online do Microsoft Office 365.

Basicamente, o SaaS corresponde a algumas das ferramentas mais populares entre os empreendedores, só que totalmente disponíveis na internet. Quando você usa o Microsoft Word, Excel ou Power Power Point nas versões web, por exemplo, está usando um SaaS. 

O mesmo vale para qualquer outro aplicativo online disponibilizado via nuvem, como Google Meet, Agenda, Docs, Gmail, e assim por diante. 

Com essas diferenças bem estabelecidas, é mais fácil perceber como cada modelo pode beneficiar o cotidiano do seu negócio. Veja mais detalhes sobre as vantagens específicas do IaaS, PaaS e SaaS: 

IaaS 

  • Ao invés de investir altos valores em sistemas operacionais e unidades de armazenamento, é possível usar tudo via cloud computing IaaS e pagar de acordo com a sua demanda.
  • É altamente escalável, flexível e ainda pode incluir a automatização de recursos importantes, como as redes da empresa, seus servidores e capacidade de processamento.
  • Possui menos pontos de falha que hardwares e ainda é mais seguro. Por exemplo, é possível implementar backups automáticos para que nenhum dado seja perdido, mesmo se existirem danos na infraestrutura física.
  • No lugar de armazenar seus arquivos e documentos em um HD ou no computador, eles ficam em um servidor online. Isso poupa espaço na sua máquina. Além disso, nada é perdido por conta de danos físicos, já que tudo está resguardado na internet. O mesmo ocorre com os sistemas. Basta contratar um serviço IaaS, como o Google Cloud, e migrar tudo para o seu servidor. 

PaaS 

  • As organizações que trabalham com desenvolvimento ou que têm desenvolvedores internos garantem mais foco para essa atividade. Afinal, eles não precisam preocupar-se com questões de infraestrutura.
  • As plataformas em nuvem PaaS já contam com excelentes ferramentas para desenvolver, testar, personalizar e hospedar sistemas e aplicativos. Tudo em um mesmo ambiente digital.
  • Os provedores são responsáveis por todas as demandas de segurança, backups e sistemas operacionais. Inclusive, graças ao ambiente digital disponibilizado, até mesmo o trabalho colaborativo é favorecido.
  • Na hora de programar, os desenvolvedores da sua equipe não precisam se preocupar com possíveis limitações de armazenamento e processamento dos computadores do seu negócio, e você também não precisa investir para ter as melhores máquinas. Toda a infraestrutura necessária já fica nos datacenters PaaS. A diferença é que todas as condições necessárias para programar com qualidade já são disponibilizadas diretamente na nuvem. 

SaaS 

  • Para projetos pontuais ou empresas que não necessitam de desenvolvimento, os fornecedores SaaS já oferecem aplicações prontas. Elas lidam com todo o seu gerenciamento, instalação e upgrades.
  • Não há necessidade de instalação de nenhum software. Normalmente, tudo pode ser utilizado pelo computador. O uso é livre de falhas, pode ser escalável e também conta com backups, independentemente de hardware.
  • Sem nenhuma necessidade de instalação, a praticidade das ferramentas SaaS também é somada à sua flexibilidade. Isso porque, são recursos que podem ser usados de qualquer dispositivo, a partir de qualquer lugar.
  • Com o SaaS, você usa todos os sistemas que precisa diretamente na internet, desde o Word, o Excel, o Powerpoint, Outlook, até o Google Docs, Agenda, Gmail, entre muitos outros. Isso significa que você tem acesso às suas ferramentas essenciais online, sem precisar de nenhuma instalação e muito menos investir em sistemas próprios para ter suas funcionalidades. 

Afinal, como definir o melhor modelo para o meu negócio?

Evidentemente, todos os modelos que apresentamos neste artigo possuem vantagens importantes e algumas desvantagens. Portanto, a escolha entre IaaS, PaaS e SaaS depende muito do perfil do seu negócio e das suas principais necessidades

Por exemplo, se você tem uma pequena ou média empresa, o IaaS pode ser muito útil. Afinal, ele acompanha o seu crescimento, e você só precisa investir na mesma medida em que as suas demandas aumentam. 

A indicação do PaaS é bastante vantajosa para as organizações que têm uma equipe própria de desenvolvedores. Com o modelo, eles simplificam seu trabalho colaborativo e já contam com toda a infraestrutura que precisam na nuvem.

Já o SaaS é mais abrangente. Ele pode atender desde quem precisa apenas de sistemas mais específicos, até equipes com projetos de curta duração e orçamento limitado, CRMs de uso via internet, ferramentas essenciais como o Microsoft Office 365 online, e assim por diante.

Cloud Computing do UOL Meu Negócio 

Ter acesso às possibilidades oferecidas pela nuvem é mais fácil do que você imagina!

Especialmente para o seu negócio, a melhor solução de IaaS está disponível nos planos do UOL Cloud Computing

Com planos a partir de R$ 19,90 por mês, você garante a melhor solução cloud para hospedar seus bancos de dados, aplicações e sites com total flexibilidade, adaptando a memória, banda, processamento e disco conforme as demandas do seu negócio. 

A ativação é feita em poucos minutos, com monitorização completa de performance e liberdade para criar suas próprias regras de acesso. 

Além disso, oferecemos transferência ilimitada, data center nacional, planos personalizáveis, suporte integral e cobrança em reais, para você ter todas essas vantagens sem nenhuma surpresa na sua fatura. 

Clique aqui e garanta os benefícios que só a nossa qualidade de infraestrutura pode oferecer!

Related posts
Soluções

Por que você deve adotar a extensão .store para sua loja virtual?

5 Mins read
Você trabalha com e-commerce e deseja que os seus clientes identifiquem isso com maior facilidade? Então o UOL Meu Negócio vai falar…
Soluções

Hospedagem ou Cloud Computing: O que a sua empresa precisa?

3 Mins read
Você se tornou empreendedor e percebeu que a internet é um excelente ambiente para as suas vendas? Então fez uma ótima escolha!…
Soluções

Qual a diferença entre uma hospedagem de sites, cloud computing e um criador de sites?

4 Mins read
Para quem é dono de um negócio e deseja contar com um alcance de público efetivo, nada melhor que usar ferramentas que…