EmpreendedorismoGestãoGestão de Finanças

Sociedade: Como escolher o par ideal para esse casamento dar certo

3 Mins read

Eu preciso ter um sócio? Essa pergunta só você pode responder. Mas há algumas pistas para chegar à conclusão certa.

“É preciso uma autoavaliação para descobrir seus gaps e se sente a necessidade de alguém para complementá-los. Muitas vezes, a pessoa tem a boa ideia, mas falta disposição e coragem. É nesse momento que um sócio pode fazer a diferença. Ter um sócio pode definir se você vai empreender ou não”, avalia Álvaro Cardoso Armond, professor de Empreendedorismo na pós-graduação do Insper.

A busca por um sócio tem muita relação com a procura pelo par ideal em relacionamentos amorosos. Primeiro precisamos encontrar alguém que tenha os mesmos interesses e metas na vida. Essa pessoa vai complementar nossas fraquezas e ainda nos dar segurança e mais confiança para chegar aonde queremos.

Quando encontramos, enfim, nosso par, é hora de cultivar o bom convívio, adaptar-se e respeitar as diferenças. E se um dia o relacionamento começa a não funcionar mais, não tem jeito, é doloroso, mas é preciso terminar.

Como encontrar a pessoa certa

O primeiro passo para você escolher o sócio ideal para seu negócio é desistir da ideia de chamar irmãos, melhores amigos ou qualquer outra pessoa pelo simples fato de vocês terem afinidade.

“O sócio precisa agregar ao seu negócio, ter uma personalidade e competências complementares, mesmo que seja alguém com quem você tenha menos afinidade. Quando um empreendedor começa a namorar uma ideia, ele naturalmente passa a se envolver com esse universo e a frequentar feiras e eventos relacionados. Nesses lugares, com pessoas de interesses similares, pode surgir o sócio ideal”, comenta Armond.

Para o professor, encontrar um sócio deve seguir a mesma ideia de recrutar um colaborador para sua empresa, com a ressalva de que muitas vezes o RH escolhe o candidato levando em consideração apenas suas competências técnicas, e depois a demissão ocorre pelo comportamento.

 Então fuja desse erro e foque no comportamento do candidato a sócio.

Além disso, diferentemente de formar um time de funcionários, o quadro de sócios não deve ser extenso. Nesse sentido, menos é mais.

“Cada sócio que você acrescenta a sua empresa é mais uma pessoa com interesses. Com isso, o esforço para gerir de forma saudável o negócio vai ficando maior. Então busque a menor quantidade possível de sócios . Um ou dois é um bom número”, recomenda Armond.


banner_uolmn_lojavirtuol_academia

Hora do casamento (ou da sociedade)

Ideias prontas, sócio encontrado e então chega a hora de selar a união. Armond destaca um importante passo que muita gente esquece no momento de euforia ou prefere evitar, pois não acredita que o fim da união possa acontecer: sentar e conversar sobre como será, caso algum dia um dos investidores queira pôr fim à parceria.

“Quando dois colegas de faculdade, por exemplo, juntam-se para começar um negócio, mesmo que possuam muita afinidade e metas parecidas, é preciso lembrar que em dez anos o tempo passa e as coisas podem mudar.”

Por exemplo, talvez um se case e tenha filhos e, com isso, sua disposição e prioridades mudem. O risco de as pessoas começarem a querer tomar rumos diferentes é grande.

“Nessa hora, se não houve a conversa antes e não foi colocado em contrato como aconteceria a separação, a empresa e o futuro do negócio podem ficar comprometidos, a amizade acabar e até criar rixas de família. O ideal é contratar um advogado ou um consultor e deixar esse ponto claro no contrato”, alerta Armond.

Claro que assim como em um casamento, ninguém entra em uma sociedade já pensando no final. Mas se a separação ocorrer, seguindo as dicas acima, esse processo certamente será amigável. 

Related posts
Empreendedorismo

Planilha de fluxo de caixa: conheça suas vantagens e como utilizá-la!

5 Mins read
Você já ouviu falar na importância de ter uma planilha de fluxo de caixa?  Apesar de muitos já conhecerem, ainda existem algumas…
EmpreendedorismoGestão de Finanças

MEI vs Imposto de Renda: quando é preciso declarar?

5 Mins read
Quando o assunto é Imposto de Renda e o MEI é normal que haja dúvidas referente aos temas. Afinal, a declaração pode…
Empreendedorismo

Como contornar a alta do combustível no seu negócio?

6 Mins read
A alta do combustível é um dos temas que mais preocupam os brasileiros atualmente. Além do peso no bolso do consumidor para…