Superguia de SEO: ferramentas gratuitas

Superguia de SEO: ferramentas gratuitas

Agora que você já entendeu a real importância de fazer um ótimo trabalho de otimização de estrutura e conteúdo para os mecanismos de busca, provavelmente, está pensando em como colocar tudo isso em prática o mais rápido possível.

No entanto, pode ser que você não consiga um orçamento muito grande para SEO e, então, uma boa solução é trabalhar com ferramentas gratuitas. A seguir, você vai ver mais algumas delas:

• Ferramenta de SEO Grátis | Planejador de Palavras-chave

Considerando que o conteúdo é um ponto muito importante para posicionar bem um site nas SERPs, ter uma boa lista de palavras-chave para usar no seu conteúdo é algo que deve estar nos seus planos.

Existem diversos planejadores de palavra-chave, entre eles o Google Keyword Planner, que conhecemos no capítulo anterior. Mas como essa ferramenta está diretamente relacionada ao Google AdWords, vale a pena conhecer outras, já que ter boas palavras-chave para incluir no seu texto pode fazer a diferença no posicionamento.

Keyword Discovery: junta dados de vários buscadores, não só do Google, e cria relatórios completos sobre a relevância de cada um. É possível, também, usá-la para gerar até 100 palavras-chave relacionadas a um termo de busca. Confira outras funcionalidades no site.

KGen: é um plugin para Firefox que identifica palavras-chave em uma página. Pode servir para analisar as palavras utilizadas por seus concorrentes e entender melhor a dinâmica do seu próprio conteúdo.

Criar um ranking de palavras-chave é uma tática importante, tanto para que você saiba quais são as palavras mais importantes para trabalhar (porque estão te dando os melhores resultados) quanto para monitorar o desempenho do seu site em cada uma delas.
É bom ter em mente, também, que existe uma competitividade nas palavras-chave, e você tem de pensar muito bem se vale ou não a pena entrar em uma “briga de gigantes” por um termo muito popular.

A palavra “restaurante” no Google, por exemplo, deve ter uma concorrência enorme, não acha? Imagine quantos restaurantes existem no Brasil! Mas se a sua palavra-chave for “restaurante em São Paulo”, você já elimina restaurantes do resto do país. Se usar “restaurante japonês em São Paulo”, aí consegue reduzir ainda mais sua concorrência

 

• Ferramenta de SEO | Ahrefs

Esse conjunto de ferramentas para SEO e marketing conta com recursos importantes para quem quer se posicionar melhor nas páginas de resultados. Alguns dos mais importantes são:

Analise os backlinks: veja quais são os sites que estão linkando para você, quais os textos âncora que estão sendo usados e quão relevantes são esses links para a sua estratégia de SEO.

Explore os concorrentes: descubra quais são as palavras-chave que ranqueiam melhor nos outros sites no seu segmento, que páginas são mais fortes e quanto do seu tráfego é orgânico ou pago.

Veja do que estão falando: use a ferramenta para saber quais os assuntos que mais estão interessando ao seu público.

Acompanhe o posicionamento: rastreie e acompanhe o posicionamento de uma palavra-chave no decorrer do tempo e veja quão bem está o seu ranqueamento em dispositivos móveis.

Identifique problemas: conte com a ferramenta para diagnosticar problemas de SEO, como lentidão no carregamento e códigos de layout responsivo, e para ajudar a corrigi-los.

Fique alerta: não perca mais backlinks nem menções, o Ahrefs enviará um e-mail para avisá-lo sempre que algo novo acontecer.

Você sabe o que é longtail ou cauda longa?

    • Quando falamos em palavras-chave, é preciso lembrar que existem termos mais disputados, que quase sempre são os mais gerais. Mas você pode apostar em palavras específicas, que têm menos concorrência e podem facilitar sua chegada ao topo. Usar estratégias de cauda longa significa trabalhar sua palavra-chave inicial para deixá-la mais específica e, consequentemente, ter mais opções e menos concorrência.

  • Além disso, se seu conteúdo listar apenas 5 alimentos e houver outros sites que listam 20 ou 30, sua página será vista como menos relevante, pois está incompleta. O Google sempre vai tentar exibir o conteúdo que possa acrescentar mais informações para quem está procurando.
 

• Ferramenta de SEO Grátis | Planejador de Títulos

Já vimos o quanto ter bons títulos pode ser decisivo para contribuir para o melhor posicionamento do seu site nos buscadores. Isso não só porque a tag “title” é importante para os robôs, mas também porque um título atraente chama mais a atenção do leitor e tem mais chance de ser clicado.

Um bom título deve ser:

• Objetivo: vá direto ao ponto e diga sobre o que vai tratar. “X dicas sobre tal coisa” ou “Por que adotar tal estratégia” são bons modelos a seguir.

• Transparente: nada de fazer mistério, não tente criar uma “pegadinha” nem dar um duplo sentido ao título só para atrair cliques. Se não for transparente, o visitante vai entrar na página e sair segundos depois.

• Atraente: seu objetivo, ao criar títulos, deve ser fazer com que as pessoas não consigam ignorar seu texto. Pense no que o público procura e encontre meios de mostrar que o seu título vai responder a essas dúvidas.

• Ferramenta de SEO Grátis | Autoridade de Domínio e Página

A autoridade de página e a autoridade de domínio são índices criados pelo Moz, uma das referências em SEO e criador de várias ferramentas para otimizar sites para SEO. A autoridade de página é fruto de uma análise profunda e busca projetar quão bem uma página vai se posicionar nas SERPs. Para isso, leva em conta fatores como a quantidade de links recebidos, por exemplo. Já a autoridade de domínio funciona basicamente da mesma maneira, mas, em vez de analisar apenas uma página por vez, esta métrica estuda a força de um domínio com várias páginas e subdomínios. Em ambos os casos, é gerada uma nota entre 0 e 100. Quanto maior a nota, melhor a página ou domínio deve ser posicionar.

• Ferramenta de SEO Grátis | Planejador de Títulos

Checar links que apontam para o seu site pode não ser uma tarefa fácil. Você pode usar o Google Alerts, que já conhecemos no capítulo anterior, para identificar quando falam o nome da sua empresa, por exemplo. Mas e se o link não citar o seu nome?

Aqui tem algumas ferramentas bem interessantes que você pode adotar para confirmar seus backlinks:

Backlink Watch: checa seus backlinks e ainda dá informações sobre anchor texts e características de cada link, como a ocorrência de tags atreladas a eles.

Link Diagnosis: permite descobrir backlinks, anchor text, entre outros elementos de SEO.

• Ferramenta de SEO Grátis | Planejador de Palavras-chave

Considerando que o conteúdo é um ponto muito importante para posicionar bem um site nas SERPs, ter uma boa lista de palavras-chave para usar no seu conteúdo é algo que deve estar nos seus planos.

Existem diversos planejadores de palavra-chave, entre eles o Google Keyword Planner, que conhecemos no capítulo anterior. Mas como essa ferramenta está diretamente relacionada ao Google AdWords, vale a pena conhecer outras, já que ter boas palavras-chave para incluir no seu texto pode fazer a diferença no posicionamento.

Keyword Discovery: junta dados de vários buscadores, não só do Google, e cria relatórios completos sobre a relevância de cada um. É possível, também, usá-la para gerar até 100 palavras-chave relacionadas a um termo de busca. Confira outras funcionalidades no site.

KGen: é um plugin para Firefox que identifica palavras-chave em uma página. Pode servir para analisar as palavras utilizadas por seus concorrentes e entender melhor a dinâmica do seu próprio conteúdo.

Criar um ranking de palavras-chave é uma tática importante, tanto para que você saiba quais são as palavras mais importantes para trabalhar (porque estão te dando os melhores resultados) quanto para monitorar o desempenho do seu site em cada uma delas.
É bom ter em mente, também, que existe uma competitividade nas palavras-chave, e você tem de pensar muito bem se vale ou não a pena entrar em uma “briga de gigantes” por um termo muito popular.

A palavra “restaurante” no Google, por exemplo, deve ter uma concorrência enorme, não acha? Imagine quantos restaurantes existem no Brasil! Mas se a sua palavra-chave for “restaurante em São Paulo”, você já elimina restaurantes do resto do país. Se usar “restaurante japonês em São Paulo”, aí consegue reduzir ainda mais sua concorrência

Você sabe o que é longtail ou cauda longa?

    • Quando falamos em palavras-chave, é preciso lembrar que existem termos mais disputados, que quase sempre são os mais gerais. Mas você pode apostar em palavras específicas, que têm menos concorrência e podem facilitar sua chegada ao topo. Usar estratégias de cauda longa significa trabalhar sua palavra-chave inicial para deixá-la mais específica e, consequentemente, ter mais opções e menos concorrência.

  • Além disso, se seu conteúdo listar apenas 5 alimentos e houver outros sites que listam 20 ou 30, sua página será vista como menos relevante, pois está incompleta. O Google sempre vai tentar exibir o conteúdo que possa acrescentar mais informações para quem está procurando.
 

• Ferramenta de SEO Grátis | Planejador de Títulos

Já vimos o quanto ter bons títulos pode ser decisivo para contribuir para o melhor posicionamento do seu site nos buscadores. Isso não só porque a tag “title” é importante para os robôs, mas também porque um título atraente chama mais a atenção do leitor e tem mais chance de ser clicado.

Um bom título deve ser:

• Objetivo: vá direto ao ponto e diga sobre o que vai tratar. “X dicas sobre tal coisa” ou “Por que adotar tal estratégia” são bons modelos a seguir.

• Transparente: nada de fazer mistério, não tente criar uma “pegadinha” nem dar um duplo sentido ao título só para atrair cliques. Se não for transparente, o visitante vai entrar na página e sair segundos depois.

• Atraente: seu objetivo, ao criar títulos, deve ser fazer com que as pessoas não consigam ignorar seu texto. Pense no que o público procura e encontre meios de mostrar que o seu título vai responder a essas dúvidas.

• Ferramenta de SEO Grátis | Autoridade de Domínio e Página

A autoridade de página e a autoridade de domínio são índices criados pelo Moz, uma das referências em SEO e criador de várias ferramentas para otimizar sites para SEO. A autoridade de página é fruto de uma análise profunda e busca projetar quão bem uma página vai se posicionar nas SERPs. Para isso, leva em conta fatores como a quantidade de links recebidos, por exemplo. Já a autoridade de domínio funciona basicamente da mesma maneira, mas, em vez de analisar apenas uma página por vez, esta métrica estuda a força de um domínio com várias páginas e subdomínios. Em ambos os casos, é gerada uma nota entre 0 e 100. Quanto maior a nota, melhor a página ou domínio deve ser posicionar.

• Ferramenta de SEO Grátis | Backlink Checker

Checar links que apontam para o seu site pode não ser uma tarefa fácil. Você pode usar o Google Alerts, que já conhecemos no capítulo anterior, para identificar quando falam o nome da sua empresa, por exemplo. Mas e se o link não citar o seu nome?

Aqui tem algumas ferramentas bem interessantes que você pode adotar para confirmar seus backlinks:

Backlink Watch: checa seus backlinks e ainda dá informações sobre anchor texts e características de cada link, como a ocorrência de tags atreladas a eles.

Link Diagnosis: permite descobrir backlinks, anchor text, entre outros elementos de SEO.

Você sabe o que é longtail ou cauda longa?

    • Quando falamos em palavras-chave, é preciso lembrar que existem termos mais disputados, que quase sempre são os mais gerais. Mas você pode apostar em palavras específicas, que têm menos concorrência e podem facilitar sua chegada ao topo. Usar estratégias de cauda longa significa trabalhar sua palavra-chave inicial para deixá-la mais específica e, consequentemente, ter mais opções e menos concorrência.

  • Além disso, se seu conteúdo listar apenas 5 alimentos e houver outros sites que listam 20 ou 30, sua página será vista como menos relevante, pois está incompleta. O Google sempre vai tentar exibir o conteúdo que possa acrescentar mais informações para quem está procurando.
 

• Ferramenta de SEO Grátis | Gerador de Sitemap

Os sitemaps dão um resumo sobre a navegação do site e podem colaborar na interpretação dos robôs dos buscadores, principalmente em sites com muitas páginas, que tendem a ter dificuldades em ter todas elas indexadas pelo Google, ou site muito novos.

Se você está criando o seu site agora, pode conversar com seu desenvolvedor e pedir a ele que produza o sitemap. Ou você pode usar uma dessas ferramentas para criar um sitemap você mesmo. Veja quais são elas:

XML Sitemapsbasta inserir a URL do seu site e configurar alguns parâmetros para ter seu sitemap pronto em poucos minutos. Depois, é só acrescentar o arquivo na sua conta do Google Webmaster.

Check Domainscrie sitemaps em XML, HTML, ROR, imagem, texto e vídeo facilmente com essa ferramenta online e gratuita. Basta inserir o link do seu site e escolher o modelo desejado. Conheça outras funcionalidades no site.

Better WP.Net: é um plugin para sites baseados em WordPress que ajuda a criar e a gerenciar alterações no seu sitemap. A ferramenta ainda oferece outros plugins e dicas de SEO e WordPress.

Curiosidade

  • Muitas pessoas confundem sitemap com os mapas do site. Apesar de a tradução ser essa mesmo, existia um recurso nos sites mais antigos que mostrava aos usuários um esquema de aonde cada página levava, esses eram os mapas do site. Os sitemaps também são roteiros de navegação, mas são visíveis apenas para os robôs dos buscadores.
 

• Small SEO Tools | Ranking Google

A Small SEO Tools tem diversos recursos feitos para ajudá-lo com SEO, e um deles é o Keyword Position Tool. Ele ajuda você a descobrir, de forma rápida e fácil, qual é o seu posicionamento no ranking do Google.

Outras 5 ferramentas do Small SEO Tools

Gostou da Keyword Position Tool? Veja outros recursos do Small SEO Tools que você deve conhecer:

Plagiarism Checker: está em dúvida se algum site anda roubando seu conteúdo ou quer se certificar de que os artigos que você recebe de seus colaboradores são inéditos? Essa ferramenta serve para copiar parte de um texto e detectar se ela aparece em outros sites.

Websites Broken Link Checker: quanto mais links seu site tem, mais difícil é conferir se todos estão funcionando direito. Esse instrumento vai analisar seu site e descobrir possíveis links quebrados rapidamente.

Meta Tags Analyzer: ótima opção para conferir suas meta tags. Basta inserir a URL da página que quer analisar e deixar a ferramenta avaliar as tags na hora.

Keyword Density Checker: ter uma boa quantidade de palavras-chave é um dos fatores mais importantes para ranquear bem. Use o Keyword Density Checker para confirmar se seu texto precisa de mais palavras-chave ou não.

Website SEO Score Checker: receba uma pontuação e um relatório completo sobre elementos de SEO que podem ser melhorados para você se posicionar melhor nas SERPs.

Calma que ainda não acabou! No próximo capítulo é a vez de conhecermos as ferramentas pagas, que podem agregar muito à sua estratégia de SEO, em muitos sentidos. Ansioso para descobrir como elas se diferenciam das gratuitas? Então vamos acabar com esse suspense!