Superguia de SEO: O que é SEO

Superguia de SEO: O que é SEO

Se você tem uma página na internet, seja um site, blog ou uma loja virtual, é provável que se preocupe em estar entre os primeiros resultados de busca do Google e de outros buscadores. Mas você sabe por que isso é tão importante?

De alguns anos para cá, o processo de compra mudou bastante. Se antes pedíamos referência de lojas para alguns amigos, e depois começávamos uma verdadeira peregrinação, de loja em loja, atrás dos melhores preços, hoje temos a possibilidade de passar por dezenas de lojas rapidamente e sem sair de casa por meio da internet.

A internet está, hoje, tão enraizada no processo de compra, principalmente no momento da pesquisa, que um relatório do Google revelou que 74% dos consumidores pesquisam produtos para encontrar melhores condições, mesmo quando estão dentro de uma loja física.

Isso indica que não importa se o seu consumidor vai comprar online ou off-line, ou mesmo se você vende ou não pela internet. Em algum momento, muito provavelmente, ele vai usar a web para ter certeza de que está fazendo um bom negócio.

Mas não basta só ter seu site indexado nos mecanismos de busca, é preciso que ele esteja bem ranqueado, entre os primeiros.

Você sabia?

  • 75% das buscas não passam da primeira página. Isso significa que: ou você coloca seu site entre os primeiros resultados, ou a maioria dos consumidores não vai saber nem mesmo que ele existe.

Fonte:HubSpot.

 

Mas, então, como aparecer na primeira página do Google? E a resposta é SEO

SEO é a sigla para Search Engine Optimization, ou Otimização para Mecanismos de Busca, em tradução livre. Investir em SEO significa atender a uma série de exigências e recomendações das ferramentas de busca, como o Google, para que seu site fique bem colocado. Isso quer dizer que SEO não é uma coisa, mas um conjunto de tarefas que você precisa desenvolver, até mesmo antes de criar seu site. Vamos descobrir como isso funciona?

Algumas estatísticas

    • • Os mecanismos de busca são a mídia mais confiável, segundo os brasileiros
      (Edelman Trust Barometer)

    • • 37% afirmam ter usado um computador para pesquisar algo antes de comprar no mês passado, e 36% fecharam a compra online
      (Fonte: We Are Social)

    • • Nos EUA são feitos 12 bilhões de pesquisas por mês
      (Fonte: comScore)

    • • 60% dos cliques orgânicos são nos três primeiros resultados
      (Business 2 Community)

    • • 81% das compras B2B (entre empresas) começam com uma pesquisa na internet

    • • SEO deve ser responsável por 23 bilhões de reais em faturamento
      (Eldelman Trust Barometer)

  • • Exige um investimento baixo.
 

Palavra de especialista

Diego Ivo

“SEO é para todo mundo que deseja receber tráfego orgânico, que responde por 32% das visitas a sites no Brasil. Além de quantitativamente ser maior, qualitativamente também é: ele gera 35% das vendas do e-commerce. Esses números são de um levantamento da Conversion realizado com mais de 100 milhões de pageviews.”

Diego Ivo, CEO da Conversion

No próximo capítulo, vamos entender como o SEO funciona e quais são as práticas que você deve atender, dentro e fora do seu site, para se posicionar bem nas ferramentas de busca. Vamos, também, ver o que não fazer, para você não cair em uma roubada!

No segundo capítulo, vamos focar em tudo o que você tem de fazer no seu site, da programação ao design, para mantê-lo otimizado para SEO.

O terceiro capítulo será reservado para falar de outras práticas que você pode usar fora do site para conseguir um posicionamento melhor. Sim, isso é possível!

Na sequência, no quarto capítulo, vamos juntar marketing com SEO e entender melhor qual é a lógica do Google e de outros buscadores na hora de ranquear.

Falando em Google, o quinto capítulo será inteiro dedicado às ferramentas de SEO que o gigante das buscas tem para ajudar você a otimizar seu site. São várias, com as mais diferentes funções. Você vai gostar delas.

No penúltimo capítulo, continuamos falando de ferramentas gratuitas que você pode usar livremente para trabalhar SEO, e no sétimo e último capítulo é a vez das ferramentas pagas.

Ansioso para conhecer todas elas? Então, vamos lá!