Empreender está na moda, e os casos de sucesso que aparecem em jornais, revistas e na TV, por vezes, criam a ilusão de que basta você ter uma boa ideia para fazer sucesso, não é?!

 

Mas a realidade é bem diferente. De acordo com pesquisa divulgada pelo Sebrae, 24,4% das micro e pequenas empresas nacionais fecham antes de completar dois anos. Há quem diga que o problema está na carga de impostos ou na disputa acirrada demais em alguns mercados. Mas a verdade é uma só: não há empresa que resista à falta de preparo.

E o que é estar preparado? É, principalmente, contar com um conjunto de habilidades, comportamentos e características pessoais − com as quais você pode ter nascido ou que você pode ter desenvolvido −, o chamado perfil empreendedor. Confira alguns deles a seguir:

Sede de atualização e curiosidade

Estar por dentro de tudo o que afeta sua área de negócio (e um pouco mais), às vezes, toma um tempo enorme, mas sempre compensa. Se você tem prazer em estudar, buscar informações e ouvir opiniões, já está um passo à frente.

Capacidade de observação e compreensão

Soluções simples para problemas que afetam o nosso dia a dia são aquelas que tornam milionários os empresários que as criam. Ser um bom ouvinte e conseguir identificar necessidades é outra habilidade importante.

Comunicação e persuasão

Seja para vender sua ideia para possíveis investidores ou seus produtos para clientes em potencial, ser comunicativo e ter o poder de convencer é fundamental. Criar uma boa rede de contatos também é importante para fazer o negócio girar.

Autoconfiança

Frequentemente, o empreendedor é aquele que enxerga soluções que ninguém mais viu para os mais diversos problemas. A reação de quem está de fora, muitas vezes, é de ceticismo e desconfiança. Cabe a você confiar no seu taco e persistir na sua ideia, mesmo que ela não conquiste muitos fãs de saída.


Autocrítica

Isso não significa ignorar críticas e sugestões. Você deve ser o primeiro a fazer uma avaliação pragmática e ter certeza de que vale a pena seguir em frente. Diante de sinais claros de que sua empreitada é furada, saiba reconhecer seus erros, pedir ajuda, se necessário, e recomeçar de um jeito diferente, se essa for a melhor saída.

Determinação

Por falar em recomeçar, aqui vai outra característica imprescindível para quem quer empreender: resiliência. Trata-se da capacidade de não desistir nunca e resistir às dificuldades do dia a dia, adaptando-se e reinventando-se sempre, sem desanimar.

Senso de urgência

“Esperar a hora certa” é uma ação que raramente está na agenda de um empreendedor. Para esse tipo de gente (você!), a hora é sempre agora. Todo mundo sabe que um bom timing pode ser a diferença entre o primeiro e o segundo lugar.

Competitividade

Claro que não se trata de competir com todo mundo o tempo todo – afinal, colaboração é a palavra de ordem para criar um negócio de sucesso. Mas o empreendedor tem sede de estar no primeiro lugar, de fazer melhor, de se diferenciar. Tem a ver, também, com estabelecer metas para si mesmo e cumpri-las, superando e vencendo obstáculos todos os dias.

Compromisso

A rotina de um empreendedor (especialmente de quem está começando) é mais ou menos como a de alguém que está de dieta. Dia sim, dia não, aparece alguma “tentação” para desviar sua atenção dos afazeres e, muitas vezes, diante das dificuldades, dá vontade de jogar tudo para cima. Resista. Se você acredita na sua ideia, sue a camisa. Depois que o negócio estiver pronto para andar com as próprias pernas, você poderá tirar férias.

Humildade

O pior erro que um empreendedor pode cometer é achar que sabe tudo e não precisa da ajuda de ninguém. Começar um negócio pode ser muito fácil, se você adquirir conhecimentos básicos sobre gestão, finanças e recursos humanos, entre outros assuntos. Faça cursos e peça ajuda a outros empreendedores que estão há mais tempo na estrada. Isso encurtará seu caminho para o sucesso.

Você se identificou com algumas das habilidades descritas acima? Ótimo! Sinal de que você está no caminho certo para empreender. Mãos à obra! 

Related posts
Empreendedorismo

Como trabalhar o relacionamento com fornecedores?

5 Mins read
Os fornecedores têm papel fundamental para o bom funcionamento de um negócio. Eles são os parceiros que você pode contar para manter…
Planejamento de Negócio

Como priorizar tarefas do dia a dia utilizando a matriz de esforço e impacto?

5 Mins read
A cabeça do empreendedor brasileiro vive cercada de novas ideias, não é mesmo? Surgem estratégias para aumentar as receitas, aparecem planos para…
Mercado DigitalVendas Online

Quais são os tipos de estoque que um e-commerce pode ter?

4 Mins read
A gestão do estoque é uma das tarefas mais desafiadoras para o empreendedor que usa a internet como meio de vendas. Afinal,…