EmpreendedorismoGestãoGestão de Finanças

Como encontrar o diferencial competitivo de minha empresa?

2 Mins read

Descobrir o que o diferencia dos concorrentes é essencial para o seu crescimento

Alimentação, vestuário, serviços, produtos sustentáveis, tecnologia… Não importa qual seja o seu ramo de atuação, você, provavelmente, tem concorrência de todos os tamanhos e tipos brigando por seus clientes.

Em um cenário tão competitivo, todos falam que é preciso ter um diferencial, possuir algo em que você se destaque e consiga atrair a atenção do mercado para si. Mas a grande pergunta é: como descobrir esse diferencial?

Comece do zero

Bem, você criou sua empresa por algum motivo, não foi? O primeiro passo é começar a refletir sobre o início do seu projeto, antes mesmo de ele sair do papel e se tornar realidade. Pense no que motivou você a empreender, por que você escolheu o mercado em que atua e tudo o que fez você tomar as primeiras decisões.

Faça uma análise SWOT

Quando a palavra “planejamento” aparece muito, o empreendedor chega a suar frio, mas esse passo é bem importante para conhecer melhor sua empresa e, assim, chegar ao seu diferencial. O que sugerimos é que você crie uma matriz SWOT, um modelo em que você determina quais são seus pontos fortes e fracos (no site do Impulso Digital, você encontra um modelo) e suas maiores oportunidades e desafios no mercado em que está inserido.

A partir dos seus pontos fortes e oportunidades, você pode começar a delinear algumas características únicas do seu negócio, que podem ser seu diferencial competitivo. É claro que uma análise completa da sua matriz SWOT também pode culminar em várias mudanças que podem ajudar muito a melhorar o seu negócio.


banner_uolmn_googleads_academia

Analise seus concorrentes

Você também pode criar um diferencial competitivo baseado no que falta em seu setor. Se você percebe que seus concorrentes têm uma deficiência em entregar produtos dentro de um prazo curto, por exemplo, pode trabalhar para que a entrega com rapidez seja o seu ponto forte.

Pergunte às pessoas

Talvez neste ponto – se você já cumpriu todos os itens anteriores – você já esteja com uma ideia um pouco mais clara do que diferencia você do resto do mercado. Então, esse é um bom momento para fazer duas coisas: a primeira é conversar com outras pessoas e descobrir o que elas veem de diferente na sua empresa, e a segunda é apurar se aquilo que você tem encontrado como diferencial está chegando até o consumidor.

Pode ser, por exemplo, que você ache que o seu diferencial é o preço baixo, mas, ao pesquisar com os clientes, você pode descobrir que eles compram com você por causa da qualidade do atendimento.

Ah, e aqui vale a pena conversar tanto com os consumidores quanto com seus funcionários. Eles também devem ter uma visão única da empresa, por fora e por dentro, e podem te dar insights poderosos.

Quando descobrir aquilo que torna seu negócio único em relação aos demais, não se esqueça de incorporar esse diferencial na cultura da sua empresa. Todos os funcionários e clientes devem saber por que você é diferente das outras marcas do segmento.

Isso deve fazer parte tanto do seu DNA institucional quanto da sua estratégia de divulgação. Se você tem o preço mais baixo do mercado, não deixe de ressaltar isso quando for prospectar um novo cliente, enviar um e-mail marketing e fazer anúncios.

Falando neles, aproveite e veja aqui como criar anúncios incríveis que trazem resultados de verdade:

 

Related posts
Empreendedorismo

Planilha de fluxo de caixa: conheça suas vantagens e como utilizá-la!

5 Mins read
Você já ouviu falar na importância de ter uma planilha de fluxo de caixa?  Apesar de muitos já conhecerem, ainda existem algumas…
EmpreendedorismoGestão de Finanças

MEI vs Imposto de Renda: quando é preciso declarar?

5 Mins read
Quando o assunto é Imposto de Renda e o MEI é normal que haja dúvidas referente aos temas. Afinal, a declaração pode…
Empreendedorismo

Como contornar a alta do combustível no seu negócio?

6 Mins read
A alta do combustível é um dos temas que mais preocupam os brasileiros atualmente. Além do peso no bolso do consumidor para…