A previsão é que a receita seja 13% maior do que o ano anterior

Os donos de lojas virtuais já podem comemorar. A E-bit, consultoria especializada em mercado eletrônico, publicou sua previsão de faturamento para o Natal de 2017, e os números são animadores.

Segundo a instituição, as lojas virtuais brasileiras vão vender mais de R$ 8,7 bilhões em produtos na data comemorativa mais esperada do ano. O número representa uma alta de 13% quando comparado ao do ano anterior.

O número de pedidos e o valor do tíquete médio também devem crescer. A E-bit espera 18,4 milhões de pedidos, um crescimento de 11% se comparado a 2016, e o valor gasto em cada compra deve ser de R$ 471, um aumento de 2% comparado ao tíquete médio do ano passado.

Os itens mais comprados devem ser: bonecas, cafeteiras, camisas esportivas e masculinas, celulares e smartphones, fogões, itens de cama, mesa e banho, jogos de videogame, livros e perfumes.

>> Leia também: Chegou a hora! Prepare-se para vender muito no Natal

Os números levam em consideração os pedidos feitos entre os dias 15 de novembro e 24 de dezembro, quando os consumidores, provavelmente, estão escolhendo e comprando os presentes de Natal.

Caso a previsão da E-bit se cumpra, o comércio eletrônico deve obter uma receita correspondente a 4 vezes os R$ 2,1 bilhões levantados durante a última edição da Black Friday.

Os valores estão de acordo com o que foi previsto pela instituição para 2017. Enquanto a apuração do primeiro semestre do ano mostrou que as lojas virtuais faturaram cerca de R$ 21 bilhões de reais, a E-bit já esperava que os últimos seis meses do ano poderiam ser ainda mais lucrativos.

Contando que o segundo semestre tem datas-chave para o e-commerce, como o Dia das Crianças, Black Friday e Natal, a estimativa era que o faturamento crescesse entre 10% e 15% e o ano terminasse com uma receita de mais de R$ 48,8 bilhões.


Related posts
Produtos UOL Meu NegócioSoluções

Como vender pelo Facebook e Instagram com a sua Loja VirtUOL?

5 Mins read
Já faz algum tempo que as redes sociais deixaram de ser apenas um ambiente para se entreter. As maiores marcas do mundo…
EmpreendedorismoPresença digital

Como abrir uma loja virtual de produtos cosméticos?

6 Mins read
Quanto tempo costuma durar os seus itens de cuidado pessoal? Quem gosta de cuidar da aparência raramente passa um mês sem adquirir…
Presença digitalPrimeiros passosProdutos UOL Meu NegócioSoluçõesTudo para sua Loja Virtual

Loja virtual de roupas: o segredo do sucesso está nos detalhes

5 Mins read
O consumidor que compra pela internet espera ter uma experiência que traga maior praticidade, rapidez e conforto. Logo, é importante pensar nesses…