O Guia definitivo para vender online

O Guia definitivo para vender online

O Guia definitivo para vender online

Através de 4 passos simples você vai definir seu produto, escolher uma plataforma de vendas, encontrar um bom fornecedor e colocar sua estratégia de vendas em prática.

Alcançar o sucesso vendendo online é o sonho de boa parte dos empreendedores brasileiros. Afinal, estamos falando de um mercado de bilhões.

Só para ter uma noção, apenas em dois dias da Black Friday de 2020 , o e-commerce registrou R$ 4,02 bilhões em vendas.

É tentador demais para ficar de fora, concorda?

Porém, alcançar o sucesso no vendendo online não é fruto do acaso. É preciso disciplina e uma boa estratégia de marketing.

Mas não se preocupe, neste guia completo vamos te mostrar o passo a passo para tirar sua ideia do papel e começar a faturar dinheiro na internet.

Veja o que você vai aprender:

  • Passo 1: Descubra para quem e o vender
  • Passo 2: Escolha uma plataforma de vendas online
  • Passo 3: Encontre um bom fornecedor
  • Passo 4: Construa uma estratégia de vendas matadora

Passo 1: Descubra para quem e o vender

Descobrir para quem e o que vender é o primeiro passo e o mais importante.

Apesar de ser óbvio, não é tão fácil, pois exigirá esforço e tempo.

Fora isso, essa primeira etapa é fundamental parar determinar para onde você vai nos passos 2, 3 e 4.

Por isso, foco total nesta etapa.

Leia também: Superguia UOL Meu Negócio Tudo Sobre Marketing Digital para micro e pequenas empresas.

Então, como decidir para quem o que vender?

Comece procurando um problema para resolver – as pessoas compram coisas pois querem resolver algum tipo de problema.

Assim, para encontrar um problema para resolver, inicie observando o seu dia a dia:

  • Quais problemas eu encontro no meu dia a dia que também podem ser o problema de outras pessoas também?
  • O que as pessoas ao meu redor falam frequentemente que sentem falta?
  • Quais produtos eu uso, porém, não me atendem como eu gostaria?

Como visto, descobrir um problema para resolver é um exercício simples de observação e reflexão, contudo, não pare aí.

Isto é, faça pesquisa, fale com pessoas, leia e esteja atento…

Por outro lado, se você já tem em mente o que deseja vender, pule para o próximo passo.

Passo 2: Escolha uma plataforma de vendas online

Agora com seu produto e público definido, veja as melhores opções de vendas pela internet.

Redes Sociais

Vender através das redes sociais é dos caminhos mais rápidos para começar seu negócio online.

Porém, assim como em todas as opções deste artigo, existem prós e contras.

Prós

  • Custo baixo: abrir uma conta nas principais redes sociais é totalmente grátis
  • Comunicação Personalizada: você pode criar um conteúdo e conversar diretamente com seu público alvo.

Contras

  • Desconfiança: você precisa fazer as pessoas confiaram em você e na sua marca antes de decidir pela compra;
  • Concorrência por atenção: destacar seu produto na rede social vai exigir esforço e criatividade dado a guerra pela atenção do usuário.

Loja Virtual

Opção ideal para quem já vende de alguma forma e quer mais recursos para atrair audiência ao seu canal.

Prós

  • Estrutura: alugando ou construindo sua loja virtual, você terá toda a estrutura necessária para publicar, vender e prestar suporte aos seus clientes;
  • Você define as regras: diferente de outras opções, na loja virtual você tem liberdade para criar cupons de desconto, promover sua loja no Google e ter seu catálogo digital de produtos.

Contras

  • Investimento inicial: apesar de ter opções acessíveis, você precisará investir para manter sua loja online, fora isso, o custo de atendimento e marketing costumam ser maiores.
  • Conhecimento: se você não conhece sobre comércio eletrônico e marketing digital precisará contratar profissionais com esse conhecimento.

Market Place

Cada vez mais usado pelos brasileiros, plataformas como o Mercado Livre, Amazon e B2W são lugares onde o cliente está pronto para comprar.

Prós

  • Público qualificado: normalmente quando as pessoas procuram um market place já estão na fase de compra do produto, ou seja, suas chances de vender são maiores;
  • Estrutura: você usa a estrutura e meios de pagamento da plataforma, portanto, não precisa investir nisso.

Contras

  • Comissão: você paga uma comissão ao Market Place a cada venda feita na sua loja online;
  • Autonomia: o Marketing Place Mode mudar as regras de vendas e comissão quando quiser, isso pode ter impactos direto nos seus resultados.

Passo 3: Encontre um bom fornecedor

 Tão importante quanto escolher uma plataforma de vendas e encontrar um bom fornecedor, afinal, sem produto você não tem vendas.

Sendo assim, se teu produto ou serviço tem dependência de um fornecedor, veja algumas dicas para procurar um:

  • Comece pelo Google, eBay ou Aliexpress.
  • Não fique apenas na internet. Visite feiras e eventos do mercado e faça network.
  • Alguns bons fornecedores não possuem site, então, você precisará fazer uma pesquisa para encontrar números de telefone e e-mails.
  • Preste atenção no atendimento e disponibilidade de produtos para não ter problemas de estoque.

Passo 4: Construa uma estratégia de vendas matadora

Por fim, mas de forma alguma menos importante, é hora de definir sua estratégia de vendas.

Como dito neste artigo, se você não tem domínio sobre marketing digital, aconselho procurar um profissional especializado.

Dito isto, veja algumas estratégias para construir uma estratégia de vendas matadora:

  • Produza conteúdo para sua audiência (vídeo, artigos e materiais grátis);
  • Invista em anúncio pago (Google Ads e Facebook Ads, principalmente);
  • Crie uma lista de e-mails para manter o relacionamento com sua audiência;
  • Construa uma estratégia de Branding para transmitir os valores da sua marca e conquistar a fidelidade dos seus clientes.

Dicas Gerais

  • O WhatsApp também pode ser sua plataforma de vendas. Através do WhatsApp Business você pode criar seu catálogo de produtos e personalizar o seu atendimento. Além disso, em breve o app terá um botão de compra dentro do app;
  • Não esqueça de registrar o domínio da sua empresa (caso escolha uma loja virtual). Se acaso não fizer, você pode ter problemas com outras empresas que usam o mesmo nome;
  • Não se esqueça: lojas virtuais são empresas com CNPJ e emissão de nota fiscal. Portanto, é necessário contratar um contabilista para seguir a legislação brasileira;
  • Não esqueça do atendimento ao cliente: se você criar uma experiência de compras incrível, mas falhar no atendimento, dificilmente o cliente voltará a comprar;

Posso começar com todas as plataformas de vendas (redes sociais, market place e loja virtual)?

Sim, porém tome cuidado, pois cada plataforma demandará tempo, esforço e estratégias específicas

Conclusão

Neste artigo falamos sobre as 4 etapas essenciais para vender online. Seguindo essas etapas, você estará pronto para começar a sua jornada. Mas, claro, atingir o sucesso demandará tempo e disciplina.

Porém, você também pode contar com especialista para te ajudar com esse processo do começo ao fim.

Sabia que a UOL Meu Negócio tem serviços completos para te ajudar a criar sua loja online e anunciar seus produtos?

Por exemplo, você pode criar uma loja virtual em apenas 3 passos. Simples, certo?

Mas isso não é tudo: você pode fazer isso agora mesmo. Então, clique no banner abaixo e conheça a Loja VirtUOL