Passo a passo para configurar um roteador wireless em sua empresa

Passo a passo para configurar um roteador wireless em sua empresa

Processo pode ser um pouco trabalhoso para quem faz pela primeira vez

Um dos primeiros passos para quem está se estabelecendo um novo escritório é assegurar que a internet esteja funcionando plenamente. Se você vai usar um roteador wireless, para ter acesso a internet sem fio, e nunca configurou um aparelho desses, pode sentir um pouco de dificuldade nas primeiras tentativas.

Para ajudá-lo com isso e não se enrolar mais, preparamos um passo a passo simples. Veja o que você deve fazer:

1. Confira se você tem um CD

Alguns roteadores vêm com um CD que te dizem exatamente o que fazer para concluir a instalação e começar a usar o seu roteador. Se você tiver essa mídia, basta ligar o seu roteador, conectá-lo com um cabo de rede ao seu computador, colocar o CD e seguir as orientações. Se esse não for o caso, passe para o próximo passo.

2. Abra um navegador

Mesmo sem ter um CD, ligue o roteador, conecte-o ao seu computador com um cabo de rede, e abra um navegador. Em seguida, na barra de endereço, digite o endereço do seu roteador. Você deve localizar essa informação na caixa ou em algum material que veio junto com o aparelho, e conseguirá identifica-lo por ser uma sequência de números como 176.890.1.1.

Também pode ser que, assim que você conectar o aparelho, uma tela de configuração apareça e peça o endereço do roteador. Neste caso você não precisa abrir uma aba de internet, todo o procedimento será feito na janela que foi aberta automaticamente.

3. Insira login e senha

Digitando o número do seu roteador e apertando enter, ou quando a janela de configuração aparecer, você será redirecionado para um painel de administração da marca do aparelho. Lá, você deverá informar login e senha, que também deve estar junto com o roteador.

Muito fabricantes usam “Admin” como login e senha, então, se por acaso você não localizar essas informações na caixa, vale a pena tentar. Se isso não funcionar, tente entrar em contato com o suporte da marca ou faça uma busca pela internet.

Alguns roteadores podem exibir um campo com “habilitar wireless”, “habilitar internet sem fio” ou, em inglês, “enable wireless”, clique nessa opção se você quiser usar a internet sem estar conectado ao cabo de rede.

4. Escolha o nome da rede

Depois de ter feito o login, você vai começar a fazer a configuração. Cada marca de roteador tem um painel diferente, mas a maioria é bem parecida. Procure por algo como “conexão wireless” ou “rede sem fio”. Você deverá ver uma opção para criar um nome senha para garantir a privacidade da sua rede.

5. Escolha um tipo de segurança

A maioria das marcas de roteador também vai te permitir escolher qual o tipo de protocolo de segurança você quer na sua rede sem fio. Geralmente os tipos são WEP, WAP e WAP2.

WEP significa Wired Equivalent Privacy e é um algoritmo de segurança criado em 1999. Foi um dos primeiros a se tornar populares e por isso também o que está mais sujeito a falhas e quebras de segurança. WAP, ou Wi-Fi Protected Access, é um sistema de segurança com encriptação de 256 bits (superior ao WEP, que tem apenas 128), mas que, por reaproveitar alguns recursos do WEP também é um tanto vulnerável. E o WAP2, implementado em 2006, é hoje o sistema padrão e também o mais seguro de todos, por ter mudado e refinado os sistemas de criptografia.

6. Conecte o modem

Com a sua rede criada e segura, o passo seguinte é conectar o seu modem ao roteador. Ainda no painel administrativo da marca do equipamento, procure algo como “tipos de conexão”. Lá você poderá incluir o nome do seu provedor de internet, escolher a forma de conexão (que você deve deixa como “automática”, ou “sempre ligada”) e selecionar a conexão Banda Larga ou PPOE (Point to Point Protocol over Ethernet).

Se essa informação for solicitada, insira também a senha do seu provedor de internet. Também é importante deixar selecionada a sigla DHCP (Dynamic Host Configuration Protocol), que atribui automaticamente endereços de IP dos dispositivos que se conectarem à rede.

Se você tiver apenas um ou dois aparelhos para conectar, isso pode até parecer bobagem, mas quando fazemos isso em uma empresa, com talvez 10, 20 ou mais computadores, pensar em cadastrar manualmente o endereço de cada um não é empolgante. Por isso, a ajuda profissional, pode ser muito bem-vinda!

Com a Assistência Técnica PME UOL HOST, você tem um time de especialistas que está disponível de segunda a sábado, pelo telefone, acesso remoto e, dependendo do plano e do caso, presencialmente.

Eles irão te ajudar a resolver problemas ligados a rotina de TI do seu negócio, como lentidão e travamento de aparelhos, suporte e auxílio na instalação de computadores, smartphones, tablets e outros equipamento periféricos, remoção de vírus, diagnóstico de problemas técnicos, indicação de substituição de peças e, claro, configuração do seu roteador wireless.

Gostou? Então conheça agora a Assistência Técnica PME UOL HOST, escolha o plano que mais se encaixa nas necessidades da sua empresa e conte com o nosso suporte sempre que precisar!