Supergui de SEO: SEO Off-page

Supergui de SEO: SEO Off-page

Falar que é possível melhorar o posicionamento do seu site nas SERPs com uma estratégia em que você não muda, diretamente, o seu site parece meio estranho. Mas existem técnicas de off-page que, combinadas com o on-page, fazem a diferença no seu ranqueamento. Veja quais são elas.

• Link Building

Uma das mais conhecidas estratégias de SEO off-page, fazer link building significa ter outros sites apontando para o seu, com links relacionados ao seu domínio. Para os buscadores, se há outros sites falando de você é porque estão indicando o seu conteúdo, que deve ser muito bom.

Mas não vale qualquer link. Se você tiver um blog sobre esportes, por exemplo, dificilmente um link de um site de turismo vai contribuir no seu ranqueamento.

Os buscadores entendem que a autoridade do site é construída quando você é referência dentro do seu segmento. Se outros sites de esporte linkarem para o seu, aí sim, é garantia de uma boa estratégia de link building.

 

Palavra de especialista

Diego Ivo, CEO da Conversion

“Não adianta cadastrar em diretórios de sites ou de artigos, nem comprar links, pois isso tudo pode ser ineficiente ou até gerar penalidades para os sites. Os melhores links são os difíceis, e para conquistá-los o que eu recomendo é um trabalho de assessoria de imprensa digital – com isso, podem-se conseguir links em veículos de autoridade.”

Diego Ivo, CEO da Conversion

 

Link building black hat. Fuja dessa prática!

  • Como é uma das estratégias mais importantes para ir para o topo do Google, também é uma das mais visadas por quem pratica black hat. No link building black hat um site passa a pagar para que outros o citem. Mas os robôs logo percebem que alguém que passa de 0 para 300 links é, no mínimo, suspeito, e sempre avaliam a qualidade dos links. Por isso, comprar links é uma tática falha que dificilmente dá resultados.

Um bom link deve:
• Ser natural, não sendo necessário comprar, trocar nem pedir que o seu site seja linkado.
• Ser relevante para quem o lê.
• Estar dentro do contexto do seu segmento.
• Remeter a um texto que complemente a fonte do link.
• Estar em um texto coerente.

Guest post – Uma estratégia para link building

  • Embora os motores de busca tenham todos esses algoritmos e tecnologia para melhorar os resultados, ainda existe uma parte do trabalho que depende de profissionais humanos. Até aí tudo bem. O problema é que o Google recebe cerca de 3 bilhões de pesquisas por dia, das quais 15% são novas. Ou seja, muita coisa para qualquer ser humano, não é?

 

Palavra de especialista

Douglas Faria, cofundador da Assoweb

“Se você tem bons sites, dentro do seu segmento, apontando para o seu site, vai conseguir uma boa reputação, é um bom diferencial.”

Douglas Faria, cofundador da Assoweb

 

• Anchor Text (Texto Âncora)

Em um texto, qualquer link deve ser atribuído a uma ou mais palavras. Ao clicar nessa palavra, o leitor é redirecionado para o link que você inseriu. Essas palavras que estão atreladas aos links são chamadas de anchor text, ou texto âncora, em português.

É interessante eleger bons textos âncora, que tenham a ver com o link atrelado a eles e deixem claro qual é o conteúdo para o qual o visitante será redirecionado. No exemplo do texto sobre pizzas, pode haver uma informação que diz “a pizza tradicional napolitana tem em sua receita queijo, tomate e manjericão”. Se o texto âncora for a palavra “receita”, fica claro que clicando nela será possível ver uma receita completa da pizza. Deu para entender?

 

3 dicas para um bom anchor text

  • • Não repita o anchor text muitas vezes. Textos clássicos, como “clique aqui”, são considerados, pelos robôs, repetitivos e sem objetivo.
  • • Procure não forçar o texto âncora para fazer um link. Não se esqueça de que, se seu texto parecer artificial, os robôs vão perceber.
  • • Seja objetivo e claro nos anchor texts. Faça com que o visitante só clique se tiver certeza do local para onde vai.

• Social Bookmarking

Social bookmarks são ferramentas que permitem que o leitor favorite um conteúdo. Considerando que hoje conteúdo é o que não falta, esses são instrumentos interessantes para quem quer ter sempre boas informações à mão.

 

Palavra de especialista

Bruno Souza, Web Performance Engineer na Web Absoluta

“Os parâmetros de SEO mudam sempre. É importante estar antenado nas tendências e atualizações que vão surgindo.”

Bruno Souza, Web Performance Engineer na Web Absoluta

 

Você já ouviu falar no Google Rankbrain? A seguir você vai conhecer esse e outros algoritmos que podem fazer toda a diferença no desempenho do seu site. Fique de olho no próximo capítulo. Bem-vindo ao futuro!