Saiba como definir o preço de venda dos seus produtos ou serviços

Saiba como definir o preço de venda dos seus produtos ou serviços

O preço em um negócio pode ser importante aliado no sucesso das vendas ou ainda na falência. Conhecer o que é precificação e como aplicar em seu negócio será importante para ter lucro e diferenciar sua marca no mercado.

Muitos empreendedores possuem dúvidas sobre como dar o devido valor aos seus produtos, garantindo o fluxo de caixa e uma organização mais estratégica de vendas. 

Se esse é o seu caso, você está no lugar certo! Acompanhe agora como precificar seus produtos e atingir o sucesso de vendas com sua empresa.

O que é precificação?

A precificação é o cálculo do preço da venda de seus produtos. Consiste em um processo que precisa ser feito de modo com que suas vendas tenham crescimento e tragam lucro ao seu negócio. 

Então, dar valor a um produto precisa ser feito de forma estratégica e processual. Isso porque, a estratégia precisa ser construída com base na análise de seus custos operacionais, despesas, tempo investido e dedicação na sua área. 

É através dessas observações que você terá lucro ao seu negócio ao final do fechamento de caixa, crescendo e expandindo sua empresa. 

Por isso, veja a seguir quais são as diferenças de custos que serão aplicadas em sua marca.

Quais são os principais tipos de custos?

Para iniciar o processo de precificação de seus produtos é necessário observar quais são os custos que estão por trás do seu negócio. Cada empresa terá custos diferenciados, mesmo que estejam no mesmo setor. 

Entender essas diferenças entre custo, despesa e perda será um passo importante para quem quer ter sucesso nas vendas. Fique confiante, o seu negócio só tem a crescer ao entender como aplicar a precificação correta!

  • Custo: diz respeito aos gastos que você terá ao adquirir ou produzir um produto 
  • Despesa: é o valor investido para a comercialização dos seus produtos, como luz, internet, embalagens, etc. Elas servem para apoiar seu negócio
  • Perda: são os custos sem previsão que possam ocorrer na sua empresa, sem gerar retorno financeiro ao seu negócio, como testes ou erros de fabricação

Agora que você conhece os principais tipos de custos que possam surgir no seu negócio, é chegada a hora de precificar seus produtos ou serviços!

Como precificar um produto ou serviço?

Para precificar um produto ou serviço, você precisa estar atento além do Lucro Bruto e ao Lucro Líquido do seu negócio, ao valor que sua empresa trará para seus clientes. 

Observar o que sua empresa gera de diferencial, competitividade no mercado e exclusividade pode auxiliar nessa decisão. Isso será muito importante para a estabelecer a precificação da sua marca. 

Lucro Bruto x Lucro Líquido

O Lucro Bruto diz respeito ao valor que você obtém a partir da venda direta de um produto. Por exemplo, se você vende um produto ou serviço pelo valor de R$20,00 e ele custou R$10,00 você terá um lucro bruto de R$10,00.

Ou seja, o valor da venda, com o custo que você teve para adquirir sua matéria prima, é o Lucro Bruto.

Já o Lucro Líquido, é o montante que vai sobrar após o pagamento de todas as questões que envolvem o seu negócio, como internet, água, luz, embalagens e outras. Por exemplo, pegando o valor anterior, digamos que você vendeu 100 produtos no valor de R$20,00, você terá R$2.000,00. A partir dele, você irá descontar todos os gastos investidos no seu negócio, o que sobrar será seu lucro líquido.

>> Para facilitar na organização faça uma planilha com os preços dos seus produtos, com certeza será aliada no sucesso do seu negócio. 

Fazendo as contas

Realizar as contas dos lucros finais do seu negócio é fácil. Para isso, some todo o seu faturamento e desconte o que foi gasto para o funcionamento do seu negócio, o que sobrar será seu lucro final.

Pegando o exemplo anterior de R$2.000,00. Subtraindo nesse valor os R$1.000,00 que você investiu na compra dos produtos, menos os custos de R$100,00 de internet, R$30,00 de luz, R$20,00 de água e R$200,00 nas embalagens, o seu lucro líquido será de R$650,00.

A partir dele é importante observar a margem de lucro, exemplo:

  • Receita total: R$2.000,00
  • Custos: R$1.000,00
  • Lucro: R$650,00

Agora divida o lucro pela receita total e multiplique o resultado por 100. Assim:

  • Margem de lucro: R$650,00 dividido por R$2.000,00 = 0,32 x 100 = 32%. Dessa forma, você terá a porcentagem de lucro.

Qual a diferença entre preço e valor?

O preço diz respeito ao valor financeiro que um empreendedor vai colocar em seus produtos ou serviços com base na sua produção, experiência da loja, presença no mercado, etc. 

Já o valor é até quanto o seu cliente aceita pagar por seus produtos ou serviços com base na utilidade e benefícios que ele possa oferecer para a vida do consumidor.

Esse processo de valor é mais abstrato, pois diz respeito ao interesse do cliente.

Por exemplo, uma batedeira manual e uma elétrica. O preço da batedeira manual é bem abaixo da batedeira elétrica, porém, a elétrica tem o valor com base no benefício que ela vai trazer para o seu dia a dia.

Assim, ao pensar o preço de seu produto, pense também no valor que ele terá para os seus clientes

03 pontos que você precisa observar constantemente na precificação

Para pensar a precificação de seu produto, é importante estar atento constantemente em três pontos importantes: 

  • Mercado: observar como está o movimento do mercado que seus produtos estão inseridos será importante na precificação. Nele, o tempo da sua empresa, quantidade de vendas, avaliações dos clientes e como sua marca é vista no setor será fundamental para delimitar o preço do que você for oferecer. 
  • Concorrência: Estar atento aos passos que outras marcas dão referente aos preços pode facilitar suas decisões. Observe como são lançados novos produtos e como esses preços interagem com o setor, aproveite para chegar na melhor precificação entre a concorrência.
  • Preços dos fornecedores: ainda que você já tenha fornecedores, pesquisar o preço de outros pode ser importante para a precificação. Essa pesquisa vai facilitar na redução de gastos e em possíveis novas negociações com fornecedores.

E para o seu negócio atingir sucesso de vendas e trazer bons retornos financeiros é necessário planejamento constante, atenção ao mercado e muita dedicação.

Mesmo que seu investimento inicial for baixo é necessário ter controle financeiro para que esse valor cresça cada vez mais e traga segurança para continuar investindo.
Aproveite esse material e adapte da melhor maneira ao seu negócio. Grandes sonhos demandam grandes responsabilidades, por isso não há tempo para perder quando o assunto é sua empresa!