Como colocar seu Plano de Negócios em ação

Como colocar seu Plano de Negócios em ação

Você sabia que diferentes empreendedores começam a ter sucesso com suas empresas depois de aplicarem um bom plano de negócios? Com ele, você empreendedor pode planejar os caminhos que sua empresa deverá seguir e principalmente organizar o futuro do seu negócio.

Assim, aliado com seus valores e propósitos, o plano de negócios vai trazer maior segurança para sua marca quando o assunto for planejamento e organização.

Então, como fazer um plano de negócios que represente sua empresa e ainda se destacar no mercado? Acompanhe este texto que preparamos especialmente para você!

O que é um Plano de Negócios?

O Plano de Negócios é um documento que o empreendedor vai escrever destacando objetivos para ter uma empresa de sucesso e quais caminhos deve seguir para isso.

Em outras linhas, ele funciona como um esquema de organização a longo prazo que pode assegurar que sua empresa não cometa erros durante essa jornada. Ainda que muitas pessoas possam acreditar que para ter um plano de negócios é preciso detalhar precisamente esses objetivos, ele pode ser feito de formas mais fáceis e práticas.

Por isso, ter clareza sobre seu negócio e quais são suas metas e objetivos pode garantir maior sucesso a sua empresa sem precisar criar planos sem pé nem cabeça ou extensos.

Planejar é importante?

Ainda que muitas pessoas digam que aplicar um plano de negócios pode ser perda de tempo, precisamos relembrar que organização é a chave do sucesso para muitos empreendedores.

Com o plano de negócios, você pode criar simulações de cenários da sua empresa a partir de situações boas e outras não tão boas que possam ocorrer.

Além disso, com ele você pode preparar seu negócio para caso aconteça algum momento adverso, tendo as cartas na manga para contornar situações e garantir o sucesso da sua empresa.

Outro ponto importante é a praticidade de organizar informações sobre sua empresa. Assim, com um bom planejamento você vai ter direcionamentos mais certeiros ao seu negócio e caso necessário vai poder organizar correções nos objetivos com maior tranquilidade.

Por fim, com ele você pode ter uma visão mais futura da sua empresa e caso precise de financiamento, seu plano de negócio vai ser ótimo para apresentar suas metas aos apoiadores.

Como fazer um Plano de Negócios simples?

Ter um plano de negócios, como já visto, pode facilitar a expansão do seu negócio e principalmente garantir tranquilidade na execução dos objetivos e metas da sua marca.

Destacamos, a seguir, alguns pontos importantes que serão fundamentais para que sua empresa tenha um crescimento importante e que suas ações sejam praticadas da melhor forma possível. 

  1. Entendendo o seu negócio

O primeiro passo para ter um plano de negócio de forma fácil e rápida é analisar a presença de seu negócio no mercado. A partir disso, você vai organizar suas metas e objetivos com o real cenário que sua empresa está inserida e principalmente qual a imagem dela no mercado.

Aqui é o momento de você elencar sua missão, visão e valores que vão garantir o sucesso da sua empresa. 

É importante destacar que a missão diz respeito aos motivos e propósitos pelos quais seu negócio existe. Já a visão são os objetivos e metas que você pretende alcançar. Em seguida, os valores são os princípios que orientam seus trabalhos. 

Assim, aproveite para retornar cada vez mais nessa questão e ter bem definido o que é o seu negócio e qual a importância dele para seus clientes.

Qual o problema que o meu negócio resolve?

Mapear seus produtos e serviços e como eles se relacionam com seus consumidores, além de qual sua presença no mercado, será importante aliado nessa elaboração.

É nessa etapa que você deverá entender a importância de seus produtos e serviços para seus clientes. A intenção é que você possa resolver os problemas de seu público com sua marca.

Assim, seus clientes precisam pagar por seus produtos ou serviços para encontrarem soluções que vão facilitar seu dia a dia.

Logo, elencar em seu plano de negócios as soluções para as dores de seus clientes vai ser importante estratégia no fortalecimento da sua empresa.

Quem são as pessoas ou empresas que precisam do meu produto/serviço?

Conhecer a fundo quem são seus clientes é necessário para o sucesso da sua empresa. 

Para isso, identificar através de pesquisas rápidas ou mapeamentos quem é seu público alvo e como ele se relaciona com sua marca pode garantir a efetividade do plano de negócios.

Aproveite para questionar seus clientes através de “o que levou você a procurar nossos serviços?”, “como nossos produtos são úteis para o seu dia a dia?”, “o que você espera encontrar em nossos serviços?”, entre outras. 

Faça uma análise de mercado que possa garantir que os caminhos a serem trilhados sejam certeiros e facilitados. Logo, ao identificar quem é seu cliente, você poderá organizar com maior tranquilidade os objetivos a serem realizados.

Quais são os negócios que desenvolvem algo semelhante ao meu?

Analisar outras empresas e serviços que atuam no mesmo segmento que o seu negócio pode aumentar as chances de sucesso da sua marca.

Assim, compreender como se comportam seus concorrentes frente às crises e problemas, ou ainda quais estratégias são utilizadas pode facilitar na execução de seu plano de negócio.

Aproveite para observar missões, valores e metas que a concorrência tem pontuado em suas organizações e assim encontre o fio condutor que vai garantir a estabilidade e sucesso da sua marca.

No que a minha resolução se difere desses semelhantes?

Entender melhor a sua empresa e qual o diferencial que ele entrega frente a concorrência vai garantir o alcance dos objetivos e a plena execução de seu plano.

Pontuar como seus produtos e serviços resolvem as dores de seus clientes será estratégico para garantir o crescimento da sua empresa e o sucesso de suas vendas. Procure assegurar que sua marca tenha esse diferencial e que se destaque de outras empresas do mesmo setor. 

Ou seja, descreva em seu plano de negócios cada vez mais o que sua empresa pode entregar aos clientes que tenham um diferencial atrativo e exclusivo.

Separamos algumas perguntas que vão facilitar ainda mais a organizar seu plano de negócios, bem como intensificar sua comunicação:

  • Meu negócio ajuda quem?
  • Quais são as dores do meu público?
  • Quais são os benefícios que meu negócio proporciona?
  • O que eu faço melhor do que a concorrência?
  • Quais são os diferenciais do meu negócio?
  1. Análise de Mercado: apurando o olhar para público e concorrência

Para ter um bom Plano de Negócios efetivo, é importante estar atento para como seu público e a concorrência se comportam. Com essa análise apurada, você vai construir um plano direcionado para as reais demandas do seu setor e principalmente para atender melhor seus clientes.

Assim, você precisa segmentar seu público e mapear a concorrência!

Segmentação de público

Segmentar o público diz respeito a identificar de maneira mais detalhada quem são as pessoas que compram no seu negócio. Então, conhecer seu cliente ideal será mais fácil para planejar e executar tarefas que dizem respeito à atração e fidelização dos consumidores.

São diferentes as opções para identificar seu cliente com maior cuidado, desde entender se ele é pessoa física ou jurídica, qual gênero, faixa etária e formação. Você pode também mapear a frequência que seu público acessa seus serviços, onde compram e os motivos que levaram eles a se tornarem seus clientes

O que vale destacar é a importância dessas pesquisas serem feitas ainda no processo de preenchimento de seu plano de negócios, favorecendo as estratégias para o sucesso da sua empresa.

Mapeamento da concorrência

Para criar estratégias para seu público, nada melhor que acompanhar o que a concorrência direta da sua empresa está aplicando em sua comunicação.

Muitas vezes, o seu concorrente está produzindo conteúdos e organizando seu planejamento para atrair aquele cliente muito próximo do seu e isso vai ser importante em sua análise.

Para isso é necessário observar o nível da qualidade do produto de seu concorrente, seu preço, como é feito o atendimento e seu funcionamento. Além disso, observar os motivos que os clientes estão comprando com seu concorrente e a diferença entre seu negócio e o dele pode facilitar na sua organização.

Para ter um plano de negócios efetivo, analisar tudo o que giram em torno da sua empresa e do seu mercado, vai garantir maior aproveitamento dessa estratégia.

  1. A importância de bons fornecedores

Após fazer uma análise detalhada de seus clientes e da concorrência, é hora de observar quem são seus fornecedores e como encontrar o melhor para sua empresa. 

Garantir que seus produtos sejam bem vistos pelos seus clientes começa com a matéria prima vindo de boas marcas e lugares. Nesse sentido, ter bons fornecedores que vão garantir seu estoque e a qualidade de seus serviços pode ser ainda mais benéfico ao seu negócio.

Procure então observar o que você precisa para seu negócio vender bons produtos e quem são os fornecedores que vão garantir essa excelência.

Aproveite também para analisar os pedidos mínimos com os fornecedores e como isso vai se encaixar em seu planejamento, além do melhor prazo de entrega e a origem dos produtos.

Quanto melhor for sua estratégia para fornecedores, maiores as chances do sucesso de seu negócio.

  1. Descrição dos Produtos e estratégias de venda

Na hora de divulgar seus produtos ou serviços, o importante é apresentar informações relevantes para facilitar na escolha de seus clientes.

Por isso, na hora de construir seu plano de negócios, produzir materiais interessantes e diferenciados vai auxiliar a movimentar sua empresa e a fidelizar seus clientes.

Então, aproveite para observar o preço que seu produto tem, como é feita sua descrição, qual a importância do seus produtos e serviços ao seus clientes. 

Além disso, reconhecer o seu diferencial frente à concorrência e como é a experiência de compra de seus clientes em seu negócio pode facilitar nessa execução do plano. 

Assim, nessa etapa de análise dos produtos e serviços, aproveite ao máximo para identificar os processos que estão envolvidos em sua marca, garantindo maior efetividade de seu planejamento e alcance de seus produtos.

  1. Plano Financeiro

Por fim, ter aliado em sua empresa um plano financeiro será necessário para que a movimentação do seu negócio, garantindo o crescimento e estabilidade da sua marca.

Para isso, é necessário colocar no papel todos os gastos e investimentos realizados para a efetivação das estratégias a médio, curto e longo prazo. 

Com ele você precisa pontuar todas as movimentações financeiras que seu negócio teve ou pode ter, como compras, pagamentos e possíveis perdas ao longo do caminho. Assim, quanto mais detalhado, completo e representativo for seu plano financeiro, mais possível será a visão geral do investimento necessário para sua expansão. 

>> Pensando em facilitar sua vida e o crescimento da sua empresa, o UOL Meu Negócio preparou um Modelo de Plano de Negócios para você utilizar agora mesmo e ter sucesso com a sua marca!

Como funcionará a operação?

Agora que você já organizou os planos e metas para realizar a curto, médio e longo prazo  com sua empresa, é hora de aplicar no plano operacional.

Com ele, você vai estruturar todas as etapas que deverão ser executadas para apresentar seus produtos com maior qualidade e garantir o alcance de seu cliente. 

Por isso, observar o tempo que é investido no processo de venda de seus produtos, o número de funcionários que sua empresa possui e a estrutura do seu negócio será a base de sua operação.

Além disso, analisar sua capacidade de armazenamento, seu contato com os fornecedores e, se necessário, qual cargo seus funcionários vão ocupar, vai facilitar a execução de seu plano. 

O que vale destacar nesse processo é que será importante você transformar suas metas em fluxo de trabalho com o plano operacional.  Ou seja, utilizando ele o alcance de suas metas e objetivos será ainda mais efetivo.

Extra: 04 coisas para evitar fazer no seu Plano de Negócios

Para garantir que seu plano de negócios seja ainda mais potente, vale conhecer 04 pontos que deverão passar longe do seu planejamento. Eles são:

  1. Objetivos vazios e sem propósitos: é necessário ter objetivos claros, com prazos, funções estabelecidas e propósitos que representem onde sua empresa quer chegar.
  1. Esquecer da concorrência: se você possuir uma ótima ideia, lembre-se de consultar com a concorrência e ver se ela já não foi aplicada de outra maneira.
  1. Finanças pouco exploradas: evite fazer um plano financeiro de qualquer jeito ou ainda superficial, ele precisa ser detalhado e revistado a todo momento para garantir segurança.
  1. Esquecer de seus pontos fortes: observar quais são seus melhores clientes ou fornecedores pode ser a chave do sucesso da sua empresa, evite pular etapas. Reconheça o potencial do seu negócio!

Assim, diante de tamanho aprofundamento sobre o Plano de Negócios, é chegado o momento de continuar investimento na sua trajetória e em seus sonhos!

Pensando em facilitar no seu plano de negócios e gestão de sua empresa, o UOL EdTech possui diferentes cursos que podem garantir melhores resultados para você!
Um deles é o curso de Excel Relatórios Gerenciais, que tem como objetivo auxiliar nas tomadas de decisões da sua empresa com maior segurança. Conheça agora mesmo e invista em você!