Site ou loja virtual: qual o melhor para o meu negócio?

Site ou loja virtual: qual o melhor para o meu negócio?

A tendência é que cada vez mais empresas estejam inseridas no mundo virtual e isso se deve à facilidade que a tecnologia trouxe de alcançar mais pessoas ao mesmo tempo, o que é uma excelente notícia!  

Basta digitar um termo no Google — algo que você deseja comprar em uma empresa em específico — que inúmeros resultados aparecerão na sua tela, a um clique de distância. Tanta facilidade assim, nos traz a certeza de que o futuro é digital.

Passando a bola para você, empreendedor, que deseja fazer o seu negócio crescer de maneira expressiva na internet, pode estar se perguntando: como inserir a minha empresa no mundo digital? Devo então criar um site ou loja virtual?

Neste artigo, iremos tirar as suas dúvidas relacionadas a esse tema, ajudando você a escolher a melhor opção para colocar o seu negócio no mundo virtual. Vamos lá?

Qual a diferença entre criar um site ou apostar em Loja Virtual?

Para entendermos a diferença entre criar um site ou loja virtual, é necessário saber vender pela internet. Ou seja, estar presente no mundo digital de forma ampla e em vários canais ao mesmo tempo. 

Quais seriam esses canais de comunicação? Podemos citar as redes sociais (Facebook, Instagram, WhatsApp, Linkedin e etc) que facilitam a divulgação dos seus produtos e serviços na internet, quando são realizadas postagens constantes e que atraiam os usuários. 

Mas, ainda é preciso dar um passo à frente e tornar o seu negócio ainda mais profissional, criando um ambiente virtual próprio, como um site ou loja virtual, dependendo da atividade exercida pela sua empresa.

Um site profissional serve para demonstrar os serviços que uma empresa oferece. Bem como, um portfólio para apresentar os serviços de empreendedores autônomos. Por exemplo, quem trabalha com design, criação de conteúdo, fotografia, advocacia, restaurantes, lanchonetes e outras profissões que precisam de uma página oficial.

Já a loja virtual, serve para mostrar produtos físicos ou virtuais com mais detalhes, algo mais apresentável, um espaço seguro para realizar compras e pagamentos dos clientes.  

Se você tem uma empresa de doces, uma papelaria, uma loja de roupas, produtos de beleza e entre outras, então a loja virtual é para você!

Portanto, a principal diferença entre um site e uma loja virtual, é que o primeiro é utilizado geralmente para profissionais autônomos, empresas de serviços e consultorias. Por sua vez, a loja virtual serve para comercialização de produtos físicos ou virtuais, deixando-os bem expostos com preços, descrições, formas de pagamento e dispostos em categorias.   

Site Profissional: sua vitrine virtual

O site profissional é mais do que um cartão de visitas do seu negócio. Por ele, você pode se apresentar melhor aos clientes os benefícios de se contratar os seus serviços, como se fosse uma vitrine virtual. 

O criador de sites é uma das formas mais práticas e fáceis de se ter um ambiente virtual personalizado e profissional, por isso é importante escolher uma empresa que tenha nome e autoridade no mercado. 

Vantagens e limitações de um Site Profissional

Existem inúmeras vantagens de se ter um site profissional, mas alguns empreendedores ainda se perguntam se vale a pena ou não investir em uma página oficial do seu negócio na internet. 

Então, listamos agora as principais vantagens de se ter um site, confira:

  • Traz mais autoridade, credibilidade e confiança da sua empresa no mercado
  • Pode ser divulgado nas redes sociais, levando o usuário até o seu site
  • Aumenta o alcance e a visibilidade do seu negócio para mais pessoas, sendo facilmente encontrado no Google 
  • Facilita a interação com os usuários e clientes
  • É considerado um investimento na comunicação do seu negócio
  • É possível adicionar um pouco da história da sua empresa, gerando empatia com o seu público
  • Expansão do seu negócio

Uma desvantagem do site que podemos citar, talvez seja o desafio de administrar o tempo para responder a todas as mensagens dos clientes, não deixando ninguém sem resposta.  

Por isso, recomenda-se que o empreendedor dedique atenção total ao seu site, inserindo dados periodicamente, principalmente respondendo clientes quando necessário. 

Quais serviços posso oferecer no meu site?

Todo empreendedor que oferece a prestação de serviços de qualquer atividade, pode e deve ter um site para apresentar melhor o seu negócio ao mercado. 

Mesmo que alguns empreendedores fiquem resistentes em um primeiro momento sobre a criação de site para a sua empresa, é por meio deste artigo que queremos trazer as informações necessárias que farão com que eles decidam investir em um site profissional.

Vamos exemplificar alguns serviços que você pode oferecer em seu site, de acordo com as atividades que a sua empresa já exerce: 

  • Consultoria e assessoria em determinada área profissional (em advocacia, comunicação e etc)
  • Decoração de festas e eventos (aniversários, casamentos, confraternizações)
  • Fotografia e vídeo
  • Restaurante, lanchonete, sorveteria — aposte nas fotos dos deliciosos pratos e sobremesas!
  • Agência de viagens
  • Personal Organizer — profissional que trabalha com organização de ambientes profissionais e pessoais
  • Blog e conteúdos especializados
  • Imobiliária 
  • Serviços de odontologia
  • Computação e tecnologia 

Essas são apenas algumas das atividades que a sua empresa pode oferecer em um site profissional. Para garantir que a sua plataforma estará sempre no ar, é preciso seguir as políticas de privacidade a fim de garantir a segurança do seu conteúdo postado. 

O que é importante ter em um site?

Um site deve conter todas as informações necessárias para um usuário entender o que a sua empresa oferece, para então despertar o seu interesse em comprar o seu produto ou contratar um serviço. 

Mas o que não pode faltar em um site? Confira já:

  • Quem Somos: aqui você pode adicionar a história da sua empresa, como tudo começou. Gere empatia com o cliente apresentando um pouco sobre a sua jornada como empreendedor, qual o objetivo da sua empresa e etc.
  • Apresentação dos produtos ou serviços: guie o usuário a navegar pelo seu site, onde ele deve clicar para visualizar seus produtos e serviços, exemplificados por fotos bem claras e descrições completas (para que serve, como usar).
  • Contato: crie formulários de contato em seu site, adicionando o seu número de telefone — pode ser um botão que direciona para o seu WhatsApp — e endereço de e-mail

Depois de explicarmos como funciona e o que um site deve conter, convidamos você a conhecer o criador de sites do UOL Meu Negócio. Com ele, você tem tudo o que precisa para fazer a sua empresa ganhar visibilidade, credibilidade e estar pronta para vender no universo digital: clique aqui para começar!  

Loja Virtual: automatize suas vendas

Diferente do site, a loja virtual tem como objetivo gerar vendas diretas de produtos através de uma plataforma específica. 

Além disso, com uma loja virtual os seus clientes compram de forma fácil e segura sem sair de casa, em um simples acesso pelo celular ou computador. Por isso a loja deve ser atrativa e responsiva para os usuários acessarem. 

Com o UOL Meu Negócio, você pode ter uma loja virtual acessível, prática, moderna e personalizada. 

Tipos de loja virtual 

Para saber qual a loja virtual é a ideal para o seu negócio, vamos mostrar alguns modelos e as informações de cada uma. 

  • Loja virtual própria

Esse modelo é indicado para quem já conhece como funciona o comércio eletrônico, pois necessita de uma criação de loja do zero, com servidor próprio escolhido pelo empreendedor. 

O custo desse modelo de loja virtual pode ser bem maior, mas é ideal para quem tem necessidades bem específicas ao criar a sua loja online.

  • Loja virtual alugada 

Por sua vez, esse modelo é indicado tanto para quem ainda não tem uma loja virtual, como para quem já possui uma loja no ar.

Assim, o empreendedor paga uma mensalidade para ter uma loja virtual alugada, com a possibilidade de:

  • Personalizar a página
  • Escolher um tema
  • Inserir o logotipo
  • Começar a adicionar os produtos para a venda
  • Marketplace

Funcionando como um shopping virtual, o marketplace é um espaço onde vários lojistas e consumidores interagem a fim de estimular a compra e venda de produtos. 

Nesse espaço, o empreendedor não precisa pagar nada. Ou seja, ele pode usar o marketplace do Instagram (como por exemplo a sacolinha virtual), Facebook, Mercado Livre, OLX e etc.

Mas, se você quiser divulgar melhor os seus produtos, uma das opções é investir em anúncios pagos a fim de conquistar mais pessoas e futuros clientes.  

  • Código livre

Trata-se de um sistema desenvolvido por programadores, onde o código é disponibilizado para download gratuitamente, para quem quiser usar. 

Um ponto de desvantagem desse modelo de loja virtual, é que somente quem entende de programação pode criar a sua loja online.  

Benefícios de optar por uma Loja Virtual 

Alguns empreendedores podem chegar a pensar que investir na divulgação dos seus produtos e serviços apenas nas redes sociais já é o suficiente, afinal, não é preciso pagar nada por isso — a não ser que você queira investir em anúncios pagos.

As redes sociais devem servir como complemento de divulgação do seu negócio e não como o principal e único meio de comunicação da sua empresa. Uma vez que a loja virtual pode te dar mais benefícios e o alcance de forma contínua e profissional ao seu negócio. 

Conheça os benefícios de ter uma loja virtual a partir de agora: 

  • Proporciona mais segurança e facilidade durante as compras dos clientes
  • O seu negócio estará funcionando 24 horas por dia, nos 7 dias da semana
  • Venda a qualquer hora do dia, de qualquer parte do país (e do mundo!)
  • Os pedidos dos clientes estarão muito mais organizados e serão identificados rapidamente para o envio
  • Possibilidade de acompanhar o desempenho da sua empresa no meio virtual, quantos visitantes a sua empresa está tendo, bem como o aumento das vendas
  • Comunicação eficiente via e-mail, chat e outros contatos com os clientes
  • Melhora a visualização dos produtos
  • Com a Loja VirtUOL, por exemplo, o empreendedor já tem a integração com as principais formas de pagamento e envio de mercadorias > PagSeguro, Mercado Livre, Correios e plataforma de vendas do Facebook, Instagram e etc.
  • Você pode criar campanhas de vendas e promoções exclusivas direto na Loja VirtUOL
  • Por meio do uso de técnicas de SEO (otimização para motores de busca, Search Engine Optimization) a sua loja virtual será encontrada mais facilmente na rede. 

>> Para te ajudar a colocar a loja no ar, clique aqui e confira esse ebook exclusivo sobre como escolher nomes para a sua loja virtual! 

Quais páginas uma Loja Virtual deve ter?

Assim como em um site, os clientes precisam ter acesso à sua história e o que te motivou a se tornar um empreendedor. Veja agora o que a sua loja virtual precisa ter:

  • Por meio da aba Quem Somos você pode adicionar um pouco da sua trajetória como profissional e o que a sua empresa oferece aos clientes
  • Uma loja virtual deve ter também um botão indicando as dúvidas frequentes que o usuário pode vir a ter
  • Política de troca e devoluções, isso deve estar bem claro em sua loja virtual, afinal, sempre pode aparecer algum produto que precise ser trocado ou devolvido — isso é ser profissional no pós-venda
  • Política de privacidade, página que mostra que a sua empresa se preocupa com a segurança dos dados de seus clientes, indicando que a loja virtual não coleta dados pessoais deles, apenas no momento da compra
  • Adicione as principais formas de contato com os clientes, com botões que direcionam para o WhatsApp, formulários, redes sociais e endereço de e-mail 

Cadastrar produtos é fácil?

Com a Loja VirtUOL é muito fácil cadastrar os seus produtos! Algumas dicas de como fazer isso são:

  • Organize os produtos por categorias — exemplo: roupas femininas, masculinas, infantis e etc.
  • Escolha boas fotos que mostram bem os detalhes dos produtos
  • Adicione títulos chamativos e descrições completas  (tamanho dos produtos, cores disponíveis e etc)

Qual o valor de investimento de uma Loja Virtual?

Com o UOL Meu Negócio, você pode escolher a mensalidade que cabe no seu bolso a fim de ter uma Loja VirtUOL, facilitando o investimento no seu negócio no meio digital. 

Os valores de investimento podem começar em R$ 49,90 por mês com o Plano Start! Você ainda pode experimentar a plataforma sete dias grátis e cadastrar até 50 produtos de início. 

Além desse plano, você também pode escolher outros modelos mais completos de Loja VirtUOL, veja:

    • BOX: a mensalidade é de R$ 59,90, com a possibilidade de cadastrar até 150 produtos. Teste dias grátis
  • ESSENCIAL: a mensalidade é de R$ 69,90 para cadastrar até 300 produtos. Teste sete dias gratuitamente
  • UP: R$ 99,90 de mensalidade, cadastre até 600 produtos e teste sete dias grátis. 
  • PRO: cadastre até 1500 produtos, com a mensalidade de R$ 149,90
  • Mega Store: você pode cadastrar quantos produtos quiser a R$ 199,90 por mês, sendo um verdadeiro shopping virtual completo

Com o UOL Meu Negócio você tem a visibilidade e sucesso da marca para divulgar a sua Loja VirtUOL de maneira rápida e funcional!

Se você se encantou e acredita que um site pode intensificar sua presença na internet, acesse agora mesmo o Criador de Sites do UOL Meu Negócio e descubra as diferentes possibilidades para a sua empresa crescer ainda mais!

Agora, se você quer apresentar seus produtos de uma maneira mais estratégica, facilitar na experiência do cliente e garantir a fidelização dos consumidores, crie sua loja virtUOL com facilidade e segurança!